12 Lindas Pequenas Cidades e Vilarejos na França

Muitos viajantes que vão para a França não se afastam muito das grandes cidades como Paris e Lyon. Eles não sabem o que estão perdendo: vilarejos medievais de cartão postal, com ruas estreitas de paralelepípedos e muros antigos, além de cidades encantadoras onde a produção de vinho reina suprema e uma França mais tradicional ainda pode ser encontrada. Melhor ainda, muitas pequenas cidades na França estão muitas vezes situadas em meio a paisagens deslumbrantes tanto de montanhas como de mar.

Imagine-se caminhando por ruas de paralelepípedos, cercado por casas de pedra com telhados de ardósia e floreiras repletas de flores vibrantes. O aroma de baguetes frescos e croissants recém-assados ​​flutua pelo ar, enquanto você ouve o som suave de uma língua melodiosa sendo falada ao seu redor. Talvez você se depare com uma feira de produtos locais, onde os agricultores exibem orgulhosamente suas deliciosas criações, ou talvez você tropece em uma vinícola familiar, pronta para apresentar-lhe os segredos da produção de vinhos requintados.

Apresentamos abaiaxo uma seleção de pequenas cidades e vilarejos na França, cada uma com seu próprio charme único e histórias fascinantes. Aventure-se por paisagens deslumbrantes, desde os picos montanhosos dos Alpes até as ondulações suaves dos vinhedos da Borgonha. Descubra as tradições e o patrimônio arquitetônico que moldaram a vida dessas comunidades ao longo dos séculos, e sinta-se imerso na autenticidade e na magia do coração francês.

12. Peillon

 Peillon

Peillon é única entre as pequenas cidades charmosas e pitorescas da França. Primeiramente, ela está situada em um penhasco a cerca de 18 km ao norte de Nice, na Riviera Francesa. Em segundo lugar, a cidadezinha é apenas para pedestres. Em terceiro, ela não tem as numerosas lojinhas de lembranças, restaurantes e afins, que são encontradas em outros lugares turísticos. Sapatos confortáveis para caminhar são imprescindíveis quando se caminha pelo vilarejo com suas escadas às vezes íngremes e passagens baixas. E, é claro, as vistas daqui são espetaculares.

11. Dinan

 Dinan

Ruas de pedra e prédios de madeira ainda existem em Dinan, considerada uma das melhores vilas medievais de toda a Bretanha. Como diz o especialista em viagens Rick Steves, esqueça os museus formais, a própria cidade é um museu. É um lugar encantador para passear bem tranquilamente, com um movimentado mercado nas manhãs de quinta-feira na Place du Guesclin, praça da cidade de Dinan. A vista do Rio Rance, do antigo posto e dos arredores é melhor a partir da Torre de Santa Catarina; nas proximidades há uma seção bem preservada da muralha da cidade.

10. Rochefort-en-Terre

 Rochefort-en-Terre

Pedra e madeira combinam-se com potes e cestas de gerânios para fazer de Rochefort-en-Terre uma das aldeias mais visitadas da Bretanha e uma das mais belas aldeias de toda a França. Muitas das construções datam do século XVI, enquanto outras são mais modernas. Tudo isso se soma a um cenário pitoresco. Conhecido por deliciosos biscoitos, o vilarejo hospeda um festival em homenagem a Notre Dame de la Tronchaye, uma Virgem Negra, todo mês de agosto. Um castelo, outrora de propriedade do pintor americano Alfred Klotz, do século XX, mostra suas pinturas.

9. Eze

Eze

Eze é uma pequena vila na Riviera francesa famosa por seu castelo medieval que tem vista para o Mar Mediterrâneo. Chegar ao topo do castelo com suas estreitas ruas de paralelepípedos é um pouco difícil, mas vale o esforço. Quando você chegar ao topo, será recompensado com um lindo jardim de cactos e vistas deslumbrantes do Mediterrâneo. Reserve um tempo para visitar a velha igreja com sua cruz egípcia, que se diz ser um lembrete do templo fenício que um dia esteve ali.

8. Etretat

Etretat

Étretat é uma encantadora vila costeira situada na região da Normandia, no norte da França. Conhecida por suas falésias de calcário branco e arcos naturais impressionantes, Étretat é uma joia natural e um destino perfeito para os amantes da fotografia e das paisagens.

O local serviu de inspiração para muitos artistas, incluindo Claude Monet. Além das falésias, a cidade oferece praias de pedras e um passeio à beira-mar pitoresco, com lojas e restaurantes locais que servem frutos do mar frescos e outras delícias gastronômicas.

7. Moustiers-Sainte-Marie

Moustiers-Sainte-Marie

Moustiers-Sainte-Marie é uma deslumbrante vila provençal localizada no sudeste da França, nos Alpes da Alta Provença. Aninhada entre montanhas e suspensa sobre um desfiladeiro, esta vila pitoresca é conhecida por suas ruas estreitas e sinuosas, casas de pedra com telhados de terracota e uma atmosfera tranquila.

Moustiers-Sainte-Marie é famosa pela produção de faiança, uma cerâmica esmaltada que remonta ao século XVII. A vila também fica próxima ao espetacular desfiladeiro do Verdon e ao lago Sainte-Croix, que oferecem inúmeras atividades ao ar livre, como caminhadas, canoagem e ciclismo.

6. Riquewihr

Riquewihr

Riquewihr é uma vila de menos de 1.500 pessoas no nordeste da França que é conhecida por duas coisas: sua arquitetura histórica e seus grandes vinhos. Ainda parecendo muito com o que era no século 16, Riquewihr é considerada uma das mais belas cidades pequenas da França. Fortificações medievais rodeiam a cidade; o antigo castelo foi transformado em um museu. A vila foi relativamente intocada durante a Segunda Guerra Mundial e abriga um museu sobre o impacto da guerra na Alsácia.

5. Saint-Veran

Saint-Veran

Saint-Véran é uma vila encantadora localizada nos Alpes franceses, na região de Provence-Alpes-Côte d’Azur. A vila está situada a 2.042 metros acima do nível do mar, tornando-a uma das mais altas comunas habitadas da Europa. Com uma paisagem de tirar o fôlego, cercada por picos alpinos cobertos de neve e florestas de pinheiros, Saint-Véran é um destino perfeito para os amantes da natureza e da aventura.

As casas de madeira e pedra com telhados de ardósia, juntamente com as ruas estreitas e a atmosfera tranquila, conferem a Saint-Véran um charme autêntico. No inverno, a área se transforma em um paraíso para os esquiadores, com a estação de esqui de Queyras nas proximidades, oferecendo uma variedade de pistas para todos os níveis de habilidade. No verão, os visitantes podem desfrutar de caminhadas, mountain bike e outras atividades ao ar livre nas deslumbrantes paisagens alpinas.

4. Sant’Antonino

Sant'Antonino

Sant’Antonino é um pequeno vilarejo extremamente pitoresco que fica a 460 metros acima do nível do mar na ilha da Córsega, dando-lhe o apelido de “Ninho de Águia”. É um dos lugares mais bonitos e antigos da Córsega. Conhecida por sua arquitetura, as 75 casas do vilarejo estão unidas. Além de vistas deslumbrantes, os principais pontos turísticos incluem a igreja do século XI, ruínas do castelo medieval e um antigo forno de pão. É um bom lugar para caminhar, andar de burro ou desfrutar de esportes aquáticos na praia próxima.

3. Roussillon

Roussillon

Roussillon fica situada aos pés dos Monts de Vaucluse. É uma visão colorida e imperdível no Luberon. Aqui você encontrará edifícios vermelhos, ao invés dos brancos ou cinzas que são tão comuns em outros lugares. Isto porque Roussillon está localizado em um dos maiores depósitos de argila vermelha do mundo. As falésias vermelhas se acrescentam às características bastante cênicas da cidade. O vilarejo e os arredores são tão coloridos que muitas vezes são comparado à paleta de cores de um pintor, e definitivamente servem de inspiração para eles.

2. Eguisheim

Eguisheim

Eguisheim tem a cara exata dos clichês de como deveria ser a Europa: ruas estreitas de paralelepípedos e edifícios antigos coloridos com entradas encantadoramente decoradas. Localizada na Alsácia, não muito longe da fronteira com a Alemanha, Eguisheim foi eleito o vilarejo favorito da França em 2013. Este vilarejo medieval é singularmente envolto em círculos ao redor do castelo local. É famosa por seus vinhos, com a rota do vinho da Alsácia passando por ela. Eguisheim é, de fato, conhecida como “o berço do vinhedo alsaciano”.

1. Gordes

Gordes

Gordes é uma deslumbrante vila localizada na região da Provença, no sudeste da França. Situada no topo de uma colina com vista para o vale do Luberon, a vila oferece vistas panorâmicas das paisagens circundantes e é conhecida por sua arquitetura de pedra calcária que parece emergir das próprias falésias. As ruas estreitas e sinuosas, as casas de pedra e os telhados de terracota compõem o charme inegável de Gordes.

Além da beleza arquitetônica da vila, os visitantes podem explorar atrações históricas, como o Castelo de Gordes, que data do século XVI, e a Abadia de Sénanque, um mosteiro cisterciense do século XII cercado por campos de lavanda. Nos arredores de Gordes, os visitantes também podem descobrir o intrigante vilarejo de Bories, com suas casas de pedra em forma de colmeia, e o antigo sistema de irrigação romano chamado Moinhos de Veroncle. O ambiente pitoresco e a rica história fazem de Gordes uma visita imperdível no coração da Provença.

Compartilhe: