O Que Fazer em Arequipa: 12 Pontos Turísticos desta encantadora cidade peruana

Arequipa, conhecida como “La Ciudad Blanca” devido à sua arquitetura característica feita de sillar, uma pedra vulcânica branca, é uma das cidades mais encantadoras e culturalmente ricas do Peru. Localizada aos pés dos imponentes vulcões Misti, Chachani e Pichu Pichu, Arequipa combina paisagens deslumbrantes, patrimônio histórico e uma vibrante atmosfera cultural, tornando-se um destino imperdível para os visitantes que desejam explorar a diversidade do país.

A cidade, que é um Patrimônio Mundial da UNESCO, possui um centro histórico bem preservado, onde os visitantes podem apreciar a arquitetura colonial espanhola, igrejas ornamentadas e conventos antigos. A influência inca e pré-inca também é evidente na região, com sítios arqueológicos e museus que contam a história dos povos andinos. Além disso, Arequipa é conhecida por sua deliciosa gastronomia, que combina sabores locais e influências internacionais, oferecendo uma experiência culinária única aos visitantes.

++ 17 Lugares no Peru para Visitar

As belezas naturais nos arredores da cidade, como a Reserva Nacional Salinas y Aguada Blanca e os vulcões, proporcionam oportunidades incríveis para atividades ao ar livre, como caminhadas, observação de vida selvagem e exploração geológica. Portanto, Arequipa oferece uma combinação perfeita de cultura, história, gastronomia e aventura, tornando-se um destino essencial para quem visita o Peru.

12. La Mansion del Fundador

 La Mansion del Fundador

La Mansión del Fundador, também conhecida como Casa del Fundador, é uma histórica casa colonial localizada a cerca de 12 km do centro de Arequipa. Construída no século XVIII, a mansão pertenceu a Don Manuel García de Carbajal, fundador da cidade de Arequipa.

A casa é feita de sillar e adobe, e é um belo exemplo da arquitetura colonial espanhola, com pátios interiores, corredores e varandas. Atualmente, a mansão funciona como um museu, exibindo móveis antigos, pinturas, esculturas e objetos pessoais que pertenceram às famílias que viveram ali. Uma visita à La Mansión del Fundador oferece um vislumbre da vida dos primeiros colonizadores de Arequipa e da história da cidade.

11. Molino de Sabandia

 Molino de Sabandia

O Molino de Sabandia é um antigo moinho de água construído no século XVIII, localizado a cerca de 9 km do centro de Arequipa, na paisagem rural de Sabandia. Este moinho histórico foi restaurado e é um belo exemplo da arquitetura e engenharia tradicionais da região.

Rodeado por belos jardins, campos e terraços agrícolas, o Molino de Sabandia oferece um ambiente tranquilo para desfrutar da natureza e aprender sobre a história e a cultura local. O moinho ainda funciona e os visitantes podem ver como o trigo e outros grãos são moídos usando a força da água. A área ao redor do moinho também é ótima para caminhadas e piqueniques.

10. Monasterio de la Recoleta

 Monasterio de la Recoleta

Fundado em 1648, o Monasterio de la Recoleta é um antigo convento franciscano localizado em uma área tranquila de Arequipa. Atualmente, o convento abriga um interessante museu, onde os visitantes podem explorar várias exposições relacionadas à história, arte, cultura e religião da região. O museu possui uma vasta coleção de livros antigos, alguns dos quais datam do século XV, bem como pinturas coloniais, artefatos arqueológicos, têxteis e objetos religiosos.

Além das exposições, o Monasterio de la Recoleta é conhecido por sua arquitetura encantadora, com pátios floridos, claustros e uma bela igreja. A visita ao local oferece uma visão fascinante da história de Arequipa e um retiro tranquilo da agitação da cidade.

9. Convento de Santa Teresa

Convento de Santa Teresa

O Convento de Santa Teresa é um antigo convento carmelita, fundado em 1710, que agora serve como um museu religioso e cultural. Localizado no centro histórico de Arequipa, o convento é famoso por sua bela arquitetura colonial e sua rica coleção de arte sacra.

O convento abriga várias salas, incluindo a igreja, claustros, dormitórios e uma sala de arte, onde estão expostas obras de artistas peruanos do período colonial, como esculturas, pinturas, talhas e objetos litúrgicos. Além disso, o convento possui uma loja que vende doces e produtos artesanais feitos pelas monjas carmelitas. A visita ao Convento de Santa Teresa proporciona uma oportunidade única de explorar a vida monástica e a história religiosa de Arequipa.

8. Reserva Nacional Salinas y Aguada Blanca

Salinas y Aguada Blanca National Reserve

A Reserva Nacional Salinas y Aguada Blanca é uma área protegida localizada a cerca de 35 km de Arequipa. A reserva abrange uma área de mais de 366.000 hectares, incluindo paisagens deslumbrantes de planícies, montanhas, vulcões e lagoas. A reserva é conhecida pela sua biodiversidade e é o lar de várias espécies de flora e fauna endêmicas, como vicunhas, guanacos, flamingos e condores.

Os visitantes podem fazer passeios pela reserva, observar a vida selvagem, desfrutar de caminhadas e visitar as impressionantes formações geológicas e vulcânicas. A reserva também conta com as Salinas Lagoon, onde é possível observar a extração de sal e apreciar a paisagem única das salinas.

7. Iglesia de La Compania

Iglesia de La Compania

A Iglesia de La Compañía é uma impressionante igreja jesuíta localizada na Plaza de Armas de Arequipa, muito próxima à Catedral Basílica. Construída no século XVII, a igreja é um belo exemplo de arquitetura barroca mestiza, que combina elementos europeus e indígenas.

A fachada esculpida em sillar é extremamente ornamentada e apresenta motivos florais, geométricos e símbolos religiosos. O interior da igreja possui uma decoração igualmente requintada, com altares de talha dourada, pinturas sacras e uma cúpula pintada com afrescos. A Iglesia de La Compañía é um marco importante no centro histórico de Arequipa e uma visita obrigatória para os interessados em arte e arquitetura religiosa.

6. Yanahuara

Yanahuara

Yanahuara é um pitoresco bairro histórico localizado a aproximadamente 2 km do centro de Arequipa. Conhecido por suas belas ruas estreitas, casas coloniais e vistas panorâmicas do vulcão Misti, Yanahuara é um lugar perfeito para um passeio tranquilo e uma pausa da agitação do centro da cidade.

Um dos principais pontos turísticos do bairro é a Plaza Yanahuara, onde está localizada a Iglesia de San Juan Bautista, uma bela igreja construída no século XVIII. A praça também é famosa por seus arcos de sillar esculpidos com citações e pensamentos de personagens ilustres de Arequipa. Yanahuara oferece uma experiência autêntica da vida local e uma oportunidade de explorar a rica história e cultura de Arequipa.

5. Mercado San Camilo

O Mercado San Camilo é um vibrante mercado local no centro de Arequipa, onde os visitantes podem experimentar a vida cotidiana dos moradores da cidade e conhecer a rica gastronomia peruana. O mercado oferece uma grande variedade de produtos frescos, como frutas, legumes, carnes, peixes e queijos, bem como produtos artesanais e itens de uso doméstico.

Além das bancas de alimentos, há também várias barracas de comida onde é possível provar pratos típicos da região, como rocoto relleno, ceviche e chicha morada. O Mercado San Camilo é um local ideal para experimentar os sabores locais, comprar ingredientes para cozinhar ou simplesmente observar a vida cotidiana dos habitantes de Arequipa.

4. Museo Santuarios Andinos

O Museo Santuarios Andinos é um museu fascinante que exibe a história e a cultura pré-hispânica da região dos Andes. A principal atração do museu é a múmia “Juanita”, também conhecida como “Dama de Ampato”, uma jovem inca que foi sacrificada como parte de um ritual há mais de 500 anos. A múmia foi descoberta em 1995 no vulcão Ampato, e sua notável preservação permite aos cientistas aprender muito sobre a vida, a cultura e as práticas dos incas.

Além de Juanita, o museu apresenta outras múmias e artefatos encontrados em santuários de montanhas na região, incluindo cerâmicas, têxteis e objetos de ouro e prata. O Museo Santuarios Andinos oferece uma visão única da história dos povos andinos e é uma visita imperdível para quem deseja aprofundar seu conhecimento sobre o passado pré-colombiano do Peru.

3. Catedral Basilica de Arequipa

Basilica Cathedral of Arequipa

Localizada na Plaza de Armas, a Catedral Basílica de Arequipa é um dos ícones arquitetônicos e religiosos mais importantes da cidade. Construída entre os séculos XVII e XIX, a catedral é um excelente exemplo da arquitetura neorrenascentista. A fachada imponente é feita de sillar, uma pedra vulcânica branca típica da região, e possui belas esculturas e colunas coríntias.

No interior, os visitantes podem admirar os vitrais, os belos altares e uma notável coleção de arte sacra. A catedral também abriga um órgão de tubos belga do século XIX, um dos maiores da América do Sul.

2. Plaza de Armas

Plaza de Armas

A Plaza de Armas é o coração de Arequipa e um lugar essencial para visitar ao explorar a cidade. Rodeada por belos edifícios coloniais com arcadas de pedra branca, a praça é um local perfeito para relaxar e observar a vida cotidiana dos moradores.

A Catedral Basilica de Arequipa, situada na parte norte da praça, é um dos pontos turísticos mais emblemáticos da cidade. Além disso, a praça é ladeada por cafés, restaurantes e lojas, oferecendo muitas opções para desfrutar da culinária local e comprar lembranças. A Plaza de Armas também é um ótimo ponto de partida para explorar outras atrações nas proximidades, como a Iglesia de La Compañía e o Monasterio de Santa Catalina.

1. Monastério Santa Catalina

Santa Catalina Monastery

O Monastério Santa Catalina é uma das atrações mais famosas e históricas de Arequipa. Construído em 1579, este complexo religioso é um exemplo impressionante da arquitetura colonial espanhola. Cobrindo uma área de mais de 20.000 metros quadrados, o monastério é como uma pequena cidade murada com ruas, jardins, praças e capelas.

Por quase quatro séculos, o monastério serviu como um retiro para freiras de famílias nobres e abastadas. A visita ao local permite aos visitantes conhecer a vida e história das freiras, admirar a arquitetura e os afrescos bem preservados e apreciar a tranquilidade e espiritualidade do espaço.

Compartilhe: