O Que Fazer em Buenos Aires: 23 Pontos Turísticos e Lugares para Você Descobrir na Capital Argentina

Buenos Aires, a vibrante capital da Argentina, é uma cidade repleta de história, cultura e encantos. Com suas ruas arborizadas, arquitetura europeia e vida noturna agitada, esta metrópole sul-americana oferece uma infinidade de atrações para todos os gostos e idades. Apresentamos uma lista de 23 atividades imperdíveis para ajudar a planejar sua visita a esta fascinante cidade.

Desde marcos históricos como a Casa Rosada e o Obelisco, passando por museus renomados como o MALBA e o Museu Nacional de Belles Artes, até o charme dos bairros boêmios de San Telmo e Palermo, Buenos Aires tem algo a oferecer para todos. Além disso, não se pode esquecer da rica tradição do tango, que pode ser vivenciada em diversos locais pela cidade, como a Plaza Dorrego e o emblemático Caminito.

Mapa do que Fazer em Buenos Aires

 of Things to do in Buenos Aires

Prepare-se para mergulhar na atmosfera única de Buenos Aires e descobrir as maravilhas desta deslumbrante capital argentina. Acompanhe nosso guia e aproveite ao máximo sua viagem à “Paris da América do Sul”.

23. Calle Defensa

 Calle Defensa

A Calle Defensa é uma das ruas mais emblemáticas e históricas de Buenos Aires, localizada no coração do bairro de San Telmo. Esta rua de paralelepípedos é conhecida por sua atmosfera boêmia, lojas de antiguidades, bares e cafés charmosos.

Aos domingos, a Calle Defensa se transforma em um animado mercado de pulgas, conhecido como Feria de San Telmo, onde você encontrará uma ampla gama de produtos, desde artesanato local até itens vintage e obras de arte. Passear pela Calle Defensa é como fazer uma viagem no tempo, com suas fachadas coloniais e arquitetura do século XIX.

22. Palacio Barolo

 Palacio Barolo

O Palacio Barolo é um edifício histórico e um marco arquitetônico, situado na Avenida de Mayo. Projetado pelo arquiteto italiano Mario Palanti, o prédio foi construído entre 1919 e 1923 e é uma homenagem ao poeta italiano Dante Alighieri e sua obra-prima, “A Divina Comédia”.

O design do Palacio Barolo foi inspirado na estrutura do poema, com seus 100 metros de altura divididos em três partes, representando o Inferno, o Purgatório e o Paraíso. O edifício oferece visitas guiadas que proporcionam uma visão detalhada de sua arquitetura única e história, além de uma vista deslumbrante da cidade a partir do farol no topo do prédio.

21. Museu Evita

 Evita Museum

Dedicado à vida e ao legado de Eva Perón, uma das figuras políticas mais importantes da história argentina, o Museu Evita está localizado no bairro de Palermo. O museu conta a história de Evita desde sua infância humilde até seu papel fundamental como primeira-dama da Argentina, com uma exposição fascinante de objetos pessoais, fotografias, vídeos e roupas usadas por ela.

A visita ao Museu Evita é uma oportunidade para entender melhor a vida desta mulher icônica e seu impacto duradouro na sociedade argentina.

20. MALBA

 MALBA

O MALBA é um dos museus de arte mais importantes da América Latina e um verdadeiro ícone cultural de Buenos Aires. Localizado no bairro de Palermo, o museu exibe uma impressionante coleção de arte latino-americana do século XX, incluindo obras de artistas renomados como Frida Kahlo, Diego Rivera, Antonio Berni e Xul Solar.

A arquitetura moderna e elegante do edifício também é um atrativo à parte. O MALBA oferece uma programação diversificada de exposições temporárias, eventos culturais e educativos, tornando-se uma visita obrigatória para os amantes da arte.

19. Centro Cultural Kirchner

 Centro Cultural Kirchner

O Centro Cultural Kirchner, também conhecido como CCK, é um dos maiores e mais importantes centros culturais da América Latina. Situado no histórico edifício do antigo Correo Central na Avenida Corrientes, o CCK foi inaugurado em 2015 e possui uma vasta oferta de atividades culturais, incluindo exposições de arte, concertos, peças de teatro, dança e workshops.

Ocupando mais de 100.000 m², o espaço abriga diversas salas de exposição e de espetáculos, além de uma impressionante cúpula de vidro no centro do edifício. A visita ao Centro Cultural Kirchner é uma oportunidade para desfrutar da rica cena cultural de Buenos Aires e explorar a arquitetura fascinante deste histórico prédio.

18. Casa Rosada

 Casa Rosada

A Casa Rosada, ou Casa do Governo, é um dos edifícios mais emblemáticos de Buenos Aires e um marco histórico localizado na Plaza de Mayo. Sede do governo argentino e do escritório do Presidente, sua fachada cor-de-rosa característica e arquitetura imponente atraem visitantes de todo o mundo.

A Casa Rosada também possui um museu que exibe objetos e documentos relacionados aos presidentes argentinos ao longo da história, bem como exposições temporárias. Há visitas guiadas gratuitas disponíveis aos fins de semana, que oferecem uma visão detalhada dos luxuosos interiores e do papel da Casa Rosada na história política do país.

17. El Zanjón de Granados

 El Zanjón de Granados

Localizado no bairro de San Telmo, o El Zanjón de Granados é um dos lugares mais surpreendentes e menos conhecidos de Buenos Aires. Este complexo arqueológico abriga uma série de túneis e passagens subterrâneas, que datam do século XVIII.

A visita guiada a este lugar misterioso oferece uma visão única da história e da arquitetura da cidade, bem como da vida cotidiana dos primeiros habitantes de Buenos Aires. O Zanjón de Granados também possui um elegante espaço para eventos e exposições, tornando-se um local ideal para uma experiência cultural inesquecível.

16. Mercado de San Telmo

 Mercado de San Telmo

O Mercado de San Telmo é um dos mercados mais antigos e emblemáticos de Buenos Aires, inaugurado em 1897. Situado no coração do bairro histórico de San Telmo, o mercado é um verdadeiro tesouro escondido, repleto de barracas que vendem produtos frescos, carnes, queijos, pães e produtos artesanais. Além disso, você encontrará uma seleção de lojas de antiguidades e objetos vintage, bem como bares e restaurantes que servem autênticas empanadas argentinas, choripán e outras delícias locais.

O Mercado de San Telmo é um ótimo lugar para experimentar a cultura local e saborear a autêntica gastronomia argentina.

15. Palermo Hipodromo

 Palermo Hipodromo

O Hipódromo de Palermo é um dos principais centros de corridas de cavalos da Argentina e um marco histórico localizado no elegante bairro de Palermo. Inaugurado em 1876, o Hipódromo possui uma arquitetura impressionante e uma atmosfera única, proporcionando uma experiência emocionante para os visitantes.

Além das corridas de cavalos, o local também oferece uma ampla variedade de opções de entretenimento, como restaurantes, bares e um cassino. O Hipódromo de Palermo é um destino popular tanto para os moradores quanto para os turistas, que buscam um dia divertido e emocionante, acompanhado de um toque de tradição e requinte.

14. Avenida Corrientes

A Avenida Corrientes é uma das principais artérias de Buenos Aires e um verdadeiro centro cultural e de entretenimento da cidade. Conhecida como a “Broadway portenha”, a avenida abriga uma grande quantidade de teatros, livrarias, cafés e restaurantes, oferecendo uma infinita variedade de atividades para todos os gostos.

Não deixe de visitar a famosa livraria El Ateneo Grand Splendid, considerada uma das mais belas do mundo, e assistir a uma peça ou musical em um dos muitos teatros ao longo da avenida. A Avenida Corrientes é também um local ideal para provar a clássica pizza argentina em uma das muitas pizzarias que se encontram ali.

13. Estádio La Bombonera

 La Bombonera Stadium

La Bombonera, oficialmente conhecido como Estádio Alberto J. Armando, é o icônico estádio de futebol do Club Atlético Boca Juniors, um dos times de futebol mais populares e bem-sucedidos da Argentina. Localizado no vibrante bairro de La Boca, o estádio é famoso por sua atmosfera elétrica e apaixonada, especialmente durante os jogos do Boca Juniors.

Para vivenciar a verdadeira paixão do futebol argentino, participe de um jogo ou faça um tour pelo estádio e o museu do Boca Juniors, que conta a história do clube e seus jogadores lendários, como Diego Maradona e Juan Román Riquelme.

12. Floralis Genérica

 Floralis Generica

A Floralis Genérica é uma das esculturas mais icônicas de Buenos Aires, localizada na Plaza de las Naciones Unidas, no bairro de Recoleta. Criada pelo arquiteto argentino Eduardo Catalano, a escultura em forma de flor gigante é feita de aço inoxidável e alumínio, medindo 20 metros de altura e 18 metros de diâmetro.

Uma das características únicas da Floralis Genérica é seu mecanismo que permite que as pétalas se abram durante o dia e se fechem à noite, assim como uma flor real. A escultura é um marco popular para os visitantes e moradores de Buenos Aires, oferecendo um cenário fotogênico e uma atmosfera tranquila para relaxar e apreciar a arte pública.

11. Bosques de Palermo

 Bosques de Palermo

Os Bosques de Palermo, também conhecidos como Parque Tres de Febrero, são uma enorme área verde localizada no bairro de Palermo. Este oásis urbano é um lugar ideal para relaxar, fazer piqueniques, praticar esportes ou simplesmente desfrutar da natureza em meio à agitação da cidade.

O parque abriga vários jardins, lagos, fontes e monumentos, como o Planetário Galileo Galilei e o Jardim Japonês. Os Bosques de Palermo são uma atração imperdível em Buenos Aires, proporcionando um espaço tranquilo e encantador para os visitantes e moradores desfrutarem.

10. Museo Nacional de Belles Artes

 Museo Nacional de Belles Artes

O Museo Nacional de Bellas Artes (MNBA) é o principal museu de arte de Buenos Aires e um dos mais importantes da América Latina. Localizado no bairro da Recoleta, o museu abriga uma vasta coleção que abrange desde arte pré-colombiana até obras contemporâneas.

O MNBA possui uma impressionante seleção de obras de artistas argentinos e internacionais, como El Greco, Goya, Van Gogh, Rembrandt, Monet e Rodin, entre outros. A entrada no museu é gratuita, tornando-se uma visita obrigatória para os amantes da arte que desejam explorar a rica herança artística da Argentina e do mundo.

9. El Obelisco

El Obelisco

El Obelisco é um dos monumentos mais emblemáticos de Buenos Aires e um marco histórico situado no cruzamento das avenidas 9 de Julio e Corrientes. Construído em 1936 para comemorar o quarto centenário da fundação da cidade, o Obelisco se destaca com seus 67,5 metros de altura.

Este monumento icônico é um ponto de encontro popular e um local de celebrações e manifestações. Durante sua visita a Buenos Aires, não deixe de tirar uma foto no Obelisco e aproveitar para explorar os arredores, repletos de lojas, teatros e restaurantes.

8. Plaza Dorrego

Plaza Dorrego

A Plaza Dorrego é uma praça histórica e animada localizada no bairro de San Telmo. Rodeada por edifícios coloniais e cafés com mesas ao ar livre, a praça é um dos principais pontos de encontro de Buenos Aires.

Todos os domingos, a Plaza Dorrego se transforma no coração da Feria de San Telmo, onde vendedores e artistas locais exibem seus produtos e criações. A praça também é famosa por suas apresentações de tango ao ar livre, oferecendo uma oportunidade única para os visitantes vivenciarem a dança tradicional argentina em um cenário histórico e charmoso.

7. Cafe Tortoni

O Café Tortoni é o café mais antigo e famoso de Buenos Aires, inaugurado em 1858. Localizado na Avenida de Mayo, este café histórico é conhecido por seu ambiente elegante, com seus espelhos antigos, candelabros e vitrais.

O Café Tortoni foi um ponto de encontro popular para escritores, artistas e intelectuais ao longo dos anos, como Jorge Luis Borges e Carlos Gardel. Além de desfrutar de um café e de deliciosas iguarias argentinas, você pode assistir a um autêntico show de tango no salão do subsolo ou visitar o pequeno museu dedicado à história do local.

6. Puerto Madero

Puerto Madero é um bairro moderno e sofisticado de Buenos Aires, situado às margens do Rio de la Plata. Anteriormente uma área portuária decadente, Puerto Madero foi revitalizado nos anos 90 e transformou-se em um dos bairros mais exclusivos da cidade.

Com seus edifícios de luxo, hotéis, restaurantes e bares, Puerto Madero é um ótimo lugar para passear e desfrutar da vista para o rio e da arquitetura contemporânea. Não deixe de visitar a Puente de la Mujer, uma ponte icônica projetada pelo arquiteto Santiago Calatrava, e a Fragata Sarmiento, um navio-museu ancorado no dique.

5. Jardim Botânico Carlos Thays

Carlos Thays Botanical Garden

O Jardim Botânico Carlos Thays é um parque encantador e tranquilo localizado no bairro de Palermo. Inaugurado em 1898 e projetado pelo paisagista francês Carlos Thays, o jardim abrange cerca de 7 hectares e apresenta uma coleção de mais de 5.000 espécies de plantas de todo o mundo.

O Jardim Botânico é um ótimo lugar para escapar do barulho da cidade e desfrutar de um passeio relaxante entre árvores centenárias, estufas, lagos e esculturas. O jardim também conta com uma biblioteca especializada em botânica e horticultura, além de oferecer oficinas e eventos educativos.

4. Teatro Colon

Teatro Colon

O Teatro Colón é um dos teatros de ópera mais famosos e prestigiosos do mundo, localizado no centro de Buenos Aires. Inaugurado em 1908, o Teatro Colón é conhecido por sua arquitetura deslumbrante e acústica excepcional. O teatro tem sido palco de performances de alguns dos maiores artistas da história da ópera, balé e música clássica, como Luciano Pavarotti, Maria Callas e Rudolf Nureyev.

Assistir a uma apresentação no Teatro Colón é uma experiência inesquecível e uma oportunidade única para apreciar a rica tradição cultural de Buenos Aires. Além dos espetáculos, o teatro oferece visitas guiadas que revelam seus luxuosos interiores e história fascinante.

3. Cemitério Recoleta

O Cemitério da Recoleta é um dos cemitérios mais famosos do mundo e uma verdadeira joia arquitetônica de Buenos Aires. Localizado no sofisticado bairro da Recoleta, este cemitério histórico abriga os túmulos de algumas das personalidades mais notáveis da Argentina, incluindo presidentes, escritores, artistas e a icônica Eva Perón.

Com suas ruas estreitas e labirínticas, o Cemitério da Recoleta é um lugar fascinante para explorar, onde você encontrará magníficos mausoléus e monumentos funerários, que refletem a riqueza e a história da elite argentina. Uma visita ao cemitério oferece uma perspectiva única sobre a história e a cultura de Buenos Aires.

2. Caminito

Caminito é uma rua vibrante e colorida localizada no bairro de La Boca, um dos mais tradicionais e pitorescos de Buenos Aires. Famosa por suas casas de madeira e zinco pintadas de cores vivas, Caminito é um verdadeiro museu a céu aberto, onde você pode experimentar a cultura e a história do bairro.

A rua é repleta de artistas, músicos e dançarinos de tango, que se apresentam para os visitantes, além de lojas de souvenires e restaurantes típicos. Caminito é uma parada imperdível em Buenos Aires, que oferece uma experiência turística autêntica e inesquecível.

1. Plaza de Mayo

Plaza de Mayo

A Plaza de Mayo é o coração político e histórico de Buenos Aires, um lugar onde importantes eventos e manifestações ocorreram ao longo dos anos. A praça é cercada por edifícios emblemáticos, como a Casa Rosada, a Catedral Metropolitana e o Cabildo, que testemunharam os momentos mais significativos da história argentina.

A Plaza de Mayo também é famosa pelos protestos das Madres de Plaza de Mayo, um grupo de mães que se reuniram para exigir justiça pelos desaparecidos durante a ditadura militar. A praça é um local ideal para conhecer a história política e social de Buenos Aires, além de apreciar a arquitetura e a atmosfera vibrante do centro da cidade.

Compartilhe: