O Que Fazer em Siena, na Itália

Siena, uma deslumbrante cidade medieval situada no coração da Toscana, é um destino perfeito para uma viagem de um dia ou para uma estadia um pouco mais longa. Com suas ruas estreitas e sinuosas, arquitetura gótica e rica história, Siena oferece uma experiência única e inesquecível para todos os visitantes.

Em apenas um dia, você pode se encantar com as belezas do Duomo di Siena, admirar a magnífica Piazza del Campo e se perder nas ruelas cheias de charme e história. Se tiver mais tempo, explore os tesouros artísticos escondidos nos diversos museus e igrejas da cidade, e talvez até testemunhe a emoção do famoso Palio di Siena.

Seja como uma breve escapada ou como parte de uma jornada mais ampla pela Itália, Siena é um destino imperdível que certamente deixará uma impressão duradoura em seu coração.

Ao final da lista temos um roteiro para 1 dia em Siena.

12. Santa Maria della Scala

A Santa Maria della Scala é um dos mais antigos e impressionantes hospitais da Europa, datando do século IX. Situado em frente ao majestoso Duomo di Siena, este complexo arquitetônico não só serviu como hospital e abrigo para os pobres, mas também como orfanato e centro de assistência aos peregrinos. Seu nome deriva da escadaria (scala) que leva à igreja e, como um bom italiano, você sabe que uma “scala” digna desse nome tem de ter uma história interessante.

Hoje, a Santa Maria della Scala abriga diversos museus e exposições. Ao visitar, você encontrará a magnífica “Piazza del Duomo” no subsolo, onde estão os afrescos originais do século XIV. Além disso, não deixe de conferir a “Sala del Pellegrinaio”, decorada com afrescos que retratam a história do hospital e a importância da caridade no cotidiano da época.

11. Basilica di San Domenico

 Santa Maria della Scala

A Basílica di San Domenico, também conhecida como a “igreja vermelha” por causa de sua fachada de tijolos, foi construída entre os séculos XIII e XIV em estilo gótico italiano. Esta igreja é particularmente importante para os devotos de Santa Catarina de Siena, uma mística e filósofa medieval, que foi canonizada e declarada Padroeira da Itália e da Europa.

No interior da basílica, você encontrará a capela dedicada a Santa Catarina, onde estão conservadas algumas de suas relíquias, como o crânio e o dedo. Eu sei, um pouco macabro, mas é assim que se faz na Itália. Além disso, aprecie os magníficos afrescos de artistas como Il Sodoma e Francesco Vanni, que decoram as paredes da capela. Não se esqueça de dar uma olhada na vista panorâmica da cidade a partir do adro da igreja – você não vai se decepcionar!

10. Pinacoteca Nazionale di Siena

 Basilica di San Domenico

A Pinacoteca Nazionale di Siena é um verdadeiro tesouro para os amantes da arte, especialmente se você é fã da pintura italiana dos séculos XIII a XVII. Situado no elegante Palazzo Buonsignori, este museu abriga uma coleção incrível de obras-primas de artistas renomados como Duccio di Buoninsegna, Simone Martini e Pietro Lorenzetti.

Ao percorrer as galerias, aprecie os detalhes minuciosos e a narrativa visual das obras, que retratam a evolução da arte italiana durante séculos. E, claro, se perder nas cores e formas dessa época dourada da pintura é uma deliciosa maneira de passar uma tarde em Siena.

9. Fonte Gaia

 Pinacoteca Nazionale di Siena

A Fonte Gaia, localizada na famosa Piazza del Campo, é uma das fontes mais icônicas de Siena. Construída em 1419, essa obra-prima do escultor Jacopo della Quercia celebra a chegada da água à cidade após a construção de um complexo sistema de aquedutos.

A fonte é adornada com belos relevos em mármore que retratam cenas do Antigo Testamento, além de alegorias das virtudes e do governo de Siena. Vale a pena dar uma olhada mais de perto e se maravilhar com o artesanato envolvido. Mas cuidado para não se deixar levar pela tentação de mergulhar na água – você não quer ser expulso da Piazza por um guarda, não é mesmo?

8. Palazzo Pubblico

Fonte Gaia

O Palazzo Pubblico, construído no século XIV, é o coração político e administrativo de Siena, e um belo exemplo de arquitetura gótica italiana. No interior do palácio, você encontrará o fascinante Civic Museum, que abriga uma coleção de arte e história locais.

Visite as várias salas do museu, como a Sala del Mappamondo, onde está exposta a obra-prima “Maestà” de Simone Martini, e a Sala della Pace, decorada com os afrescos “Efeitos do Bom Governo” e “Efeitos do Mau Governo” de Ambrogio Lorenzetti. Além disso, se você não tem medo de alturas, suba a Torre del Mangia, localizada no mesmo complexo, para desfrutar de uma vista deslumbrante de Siena e seus arredores.

7. Museo dell’Opera Metropolitana

Palazzo Pubblico & Civic Museum

O Museo dell’Opera Metropolitana, localizado no complexo do Duomo di Siena, é um museu imperdível para quem aprecia arte sacra e história eclesiástica. Este museu abriga uma vasta coleção de esculturas, pinturas e relíquias que antes embelezavam o Duomo, mas que foram transferidas ao longo dos anos para protegê-las dos elementos.

Uma das principais atrações do museu é a obra-prima “Maestà” de Duccio di Buoninsegna, uma magnífica pintura em têmpera e ouro sobre madeira que serviu como painel principal do altar-mor do Duomo no século XIV. Além disso, não deixe de conferir as esculturas originais de Giovanni Pisano e outros mestres que adornavam a fachada do Duomo, bem como os impressionantes vitrais.

6. Battistero di San Giovanni

Museo dell’Opera Metropolitana

O Battistero di San Giovanni, situado atrás do Duomo di Siena, é uma joia arquitetônica que vale a pena visitar. Construído nos séculos XIV e XV, este batistério em estilo gótico é dedicado a São João Batista e abriga a fonte batismal onde os fiéis sienenses eram batizados.

Ao entrar no batistério, você ficará impressionado com os afrescos que decoram as paredes, representando cenas da vida de São João Batista, criadas por artistas como Vecchietta e Benvenuto di Giovanni. Mas a verdadeira estrela do show é a fonte batismal em mármore, adornada com esculturas de bronze de Donatello, Lorenzo Ghiberti e Jacopo della Quercia, representando episódios da vida de São João. Se você é um fã de arte renascentista, prepare-se para ficar de queixo caído com a beleza desta fonte – é realmente um espetáculo!

5. Torre del Mangia

Battistero di San Giovanni

A Torre del Mangia é uma das torres mais altas e emblemáticas da Itália, e um verdadeiro marco da paisagem sienense. Localizada ao lado do Palazzo Pubblico, a torre foi construída entre 1338 e 1348 e tem 88 metros de altura. Seu nome peculiar vem de seu primeiro sineiro, Giovanni di Balduccio, apelidado de “Mangiaguadagni” (algo como “comedorganhos”), porque, segundo a lenda, ele gastava todo o seu salário em comida.

Se você estiver disposto a enfrentar os 400 degraus estreitos e íngremes, a subida à Torre del Mangia será recompensada com uma vista panorâmica deslumbrante de Siena e seus arredores. Do alto da torre, você pode apreciar a beleza do Duomo, da Piazza del Campo e das colinas toscanas que cercam a cidade.

4. Biblioteca Piccolomini

Torre del Mangia

A Biblioteca Piccolomini, situada dentro do complexo do Duomo di Siena, é uma maravilha artística que não pode ser deixada de lado em sua visita à cidade. Criada no início do século XVI pelo cardeal Francesco Todeschini Piccolomini (futuro Papa Pio III), a biblioteca foi projetada para abrigar o valioso acervo de manuscritos de seu tio, o Papa Pio II.

Ao entrar na biblioteca, você será imediatamente cativado pelos afrescos vibrantes que cobrem as paredes e o teto, criados pelo famoso pintor renascentista Pinturicchio e seus ajudantes, incluindo um jovem Rafael. Essas pinturas contam a vida e as realizações do Papa Pio II, com cores vivas e detalhes requintados. No centro da sala, você encontrará o coro em mármore esculpido por Lorenzo di Mariano, um tesouro da arte renascentista. Não se esqueça de olhar para cima e admirar o teto iluminado com ouro e a linda cúpula que o coroa.

3. Palio di Siena

Biblioteca Piccolomini

O Palio di Siena é uma das mais famosas e emocionantes tradições da Itália, uma corrida de cavalos histórica que acontece duas vezes por ano, em 2 de julho e 16 de agosto. Esta competição centenária remonta ao século XVII e reúne os 17 bairros (contrade) de Siena em uma disputa acirrada pela supremacia e pelo prestígio.

A Piazza del Campo se transforma em um autêntico campo de batalha, com arquibancadas e uma pista de terra montada especialmente para a ocasião. A corrida em si é uma experiência única e eletrizante, com os cavalos e cavaleiros correndo a toda velocidade ao redor da praça, enquanto a multidão vibra e torce fervorosamente por seu bairro favorito. Se você tiver a chance de estar em Siena durante o Palio, não perca essa oportunidade de testemunhar e participar de uma das mais antigas e apaixonantes tradições italianas.

2. Duomo di Siena

Palio di Siena

O Duomo di Siena, também conhecido como Catedral de Santa Maria Assunta, é uma obra-prima arquitetônica e um dos mais importantes símbolos da cidade. Construída entre os séculos XII e XIV, essa catedral em estilo gótico italiano e românico é famosa por sua fachada ricamente decorada e pelo uso contrastante de mármore preto e branco.

No interior do Duomo, você encontrará uma série de tesouros artísticos e arquitetônicos, como os magníficos afrescos de Domenico di Bartolo e o púlpito esculpido por Nicola Pisano. Não deixe de visitar o piso em mosaico de mármore, uma das características mais impressionantes da catedral, com 56 painéis que representam figuras e cenas bíblicas. Além disso, a Catedral abriga a Capela do Véu, onde está exposto o manto da Virgem Maria, bordado por Santa Catarina de Siena e outras freiras no século XIV.

1. Piazza del Campo

Duomo di Siena

A Piazza del Campo é o coração pulsante de Siena e uma das praças mais icônicas da Itália. Conhecida por sua forma de concha e por seu declive suave, a praça foi projetada no século XIV como um espaço público onde os sienenses pudessem se reunir e celebrar eventos importantes.

Rodeada por belos edifícios históricos, como o Palazzo Pubblico e a Torre del Mangia, a Piazza del Campo é um lugar perfeito para relaxar, saborear um delicioso gelato e absorver a atmosfera vibrante e única desta cidade medieval. Além disso, é aqui que acontece o emocionante Palio di Siena, a corrida de cavalos que atrai milhares de visitantes e torcedores a cada ano.

Seja para assistir ao Palio, apreciar a arquitetura ou simplesmente desfrutar de um passeio descontraído e observar o movimento das pessoas, a Piazza del Campo é um lugar imperdível em sua visita a Siena.

Roteiro: O que Fazer em 1 Dia em Siena

Manhã:

  • Comece o dia com uma visita ao Duomo di Siena, a deslumbrante catedral gótica que é um dos principais marcos da cidade. Admire a fachada ricamente decorada e explore o interior, onde você encontrará magníficos afrescos, um púlpito esculpido e um impressionante piso em mosaico de mármore.
  • Em seguida, visite a Biblioteca Piccolomini, situada dentro do complexo do Duomo. Contemple os vibrantes afrescos de Pinturicchio e Rafael e o coro em mármore esculpido no centro da sala.
  • Caminhe até o Battistero di San Giovanni, localizado atrás do Duomo. Admire os afrescos que decoram as paredes e a bela fonte batismal em mármore com esculturas de bronze de Donatello, Ghiberti e Jacopo della Quercia.

Tarde:

  • Após o almoço em um dos deliciosos restaurantes locais, siga para a Piazza del Campo, o coração pulsante de Siena. Relaxe na praça e absorva a atmosfera vibrante, rodeado pelos belos edifícios históricos.
  • Visite o Palazzo Pubblico e o Civic Museum, onde você encontrará uma coleção de arte e história locais, incluindo a famosa obra “Maestà” de Simone Martini.
  • Suba a Torre del Mangia, localizada ao lado do Palazzo Pubblico, para desfrutar de uma vista panorâmica deslumbrante de Siena e seus arredores.

Noite:

  • Termine o dia com um passeio pela cidade, explorando as ruas estreitas e sinuosas de Siena, antes de jantar em uma autêntica “trattoria” toscana e provar as delícias da culinária local.

Este roteiro de um dia em Siena permitirá que você experimente alguns dos pontos turísticos mais relevantes e encantadores desta cidade histórica, proporcionando uma experiência inesquecível e envolvente.

Compartilhe: