O Que Fazer em Verona, na Itália

Bem-vindos a Verona, a cidade do amor e o cenário da mundialmente famosa história de Romeu e Julieta. Situada no norte da Itália, às margens do rio Adige, Verona é uma cidade rica em história, cultura e arquitetura deslumbrante. O legado romano e medieval se entrelaça com o romantismo e a paixão que atraem visitantes de todo o mundo.

Abaixo exploramos as principais atrações turísticas de Verona, desde monumentos icônicos como a Verona Arena e a Casa di Giulietta até igrejas majestosas como a Chiesa di Sant’Anastasia e a Basílica di San Zeno Maggiore. Prepare-se para se encantar com a beleza e o charme desta cidade eternamente apaixonada e descubra por que Verona é o destino perfeito para os amantes da história, da arte e, claro, do amor.

12. Porta Borsari

 Porta Borsari

Porta Borsari é uma das principais atrações turísticas de Verona e um excelente exemplo de arquitetura romana. Construída no século I d.C., serviu como um importante portão da cidade no passado.

A Porta Borsari ostenta uma fachada bem preservada com inscrições em latim, permitindo que você viaje no tempo e imagine como era a vida naquela época.

Com uma pontinha de sarcasmo, poderíamos dizer que é o “Instagram” da Roma Antiga – afinal, quem não adora uma boa foto com história para compartilhar?

11. Giardino Giusti

 Giardino Giusti

O Giardino Giusti, por sua vez, é um verdadeiro oásis de paz e tranquilidade no coração de Verona. Este jardim renascentista, criado no século XVI, oferece uma paisagem perfeita para os amantes da natureza e da arte. Com ciprestes imponentes, labirintos de sebes e fontes majestosas, é o cenário ideal para uma caminhada descontraída ou um piquenique refinado.

Se você se perder no labirinto, não se preocupe! Considere isso como uma oportunidade para praticar suas habilidades de orientação e talvez encontrar uma nova perspectiva na vida – tanto no jardim quanto fora dele.

10. Piazza dei Signori

 Piazza dei Signori

A Piazza dei Signori é um encantador espaço público localizado no coração de Verona. Cercada por edifícios históricos e monumentos importantes, como o Palazzo della Ragione e a Loggia del Consiglio, a praça é um verdadeiro testemunho da rica história da cidade.

Frequentemente chamada de “sala de estar de Verona”, a Piazza dei Signori é o lugar perfeito para desfrutar de um café enquanto aprecia a arquitetura requintada e o ambiente vibrante.

Se a praça pudesse falar, com certeza teria muitas histórias interessantes e fofocas para compartilhar sobre os eventos que aconteceram ali ao longo dos séculos.

9. Duomo di Verona

Duomo di Verona

O Duomo di Verona, também conhecido como Catedral de Santa Maria Matricolare, é uma magnífica igreja que combina elementos arquitetônicos românicos e góticos. Construída no século XII, a catedral é famosa por seus belos afrescos, mosaicos e esculturas.

Se você se considera um aficionado por arte, prepare-se para ficar deslumbrado com as obras-primas que adornam o interior desta maravilha arquitetônica. Afinal, quem não gostaria de apreciar um pouco de arte enquanto se conecta com o divino?

O Duomo di Verona é uma atração imperdível em sua visita a Verona e, sem dúvida, proporcionará uma experiência espiritual e estética inesquecível.

8. Torre Lamberti

Lamberti Tower

A Torre Lamberti é uma das atrações mais emblemáticas de Verona. Com 84 metros de altura, esta torre medieval é o ponto mais alto da cidade e oferece vistas espetaculares do horizonte de Verona e seus arredores.

Construída no século XII, a Torre Lamberti ostenta uma fachada de tijolos vermelhos e é adornada com relógios em duas de suas faces. Além de ser uma obra arquitetônica impressionante, a torre tem uma longa história, tendo sido danificada e restaurada várias vezes ao longo dos séculos.

Suba os 368 degraus até o topo, ou pegue o elevador se preferir poupar suas pernas, e não se esqueça de levar sua câmera para capturar os momentos deslumbrantes que aguardam lá em cima. Afinal, quem não gosta de um bom desafio e uma vista de tirar o fôlego como recompensa?

7. Castelvecchio

Castelvecchio

O Castelvecchio, também conhecido como Castelo Scaligero, é uma fortaleza medieval construída no século XIV pelos governantes da dinastia Scaliger. Este impressionante castelo de tijolos vermelhos possui uma ponte fortificada, a Ponte Scaligero, que atravessa o rio Adige e oferece vistas pitorescas da cidade e do rio.

Além de ser um exemplo notável de arquitetura militar medieval, o Castelvecchio abriga o Museu Castelvecchio, que apresenta uma vasta coleção de arte e artefatos, incluindo pinturas, esculturas, armas e moedas.

Ao explorar os corredores e salas deste antigo castelo, você terá a oportunidade de mergulhar na história e na cultura de Verona, desde a época romana até o Renascimento. E enquanto você caminha pelas muralhas e torres, não se surpreenda se imaginar como um valente cavaleiro ou uma nobre dama, defendendo seu castelo de invasores e participando de intrigas palacianas.

6. Casa di Giulietta

Casa di Giulietta

A Casa di Giulietta é uma das atrações mais famosas e românticas de Verona. De acordo com a tradição, este edifício gótico do século XIII foi o lar da família Capuleto e, portanto, a casa da personagem fictícia Julieta, da icônica peça de Shakespeare “Romeu e Julieta”.

Embora a história seja baseada em ficção, a casa atrai inúmeros visitantes que desejam testemunhar o cenário do amor trágico e apaixonado dos protagonistas.

Um dos destaques da Casa di Giulietta é a famosa varanda onde, segundo a lenda, Julieta ouviu as palavras de amor de Romeu. Muitos visitantes também tocam a estátua de bronze de Julieta, acreditando que traz sorte no amor.

Não se esqueça de escrever uma mensagem de amor no muro dos desejos, porque, afinal, o amor está no ar em Verona e, quem sabe, talvez a magia de Romeu e Julieta possa inspirar sua própria história de amor.

5. Ponte Pietra

Ponte Pietra

A Ponte Pietra, ou “Ponte de Pedra” em italiano, é uma das pontes mais antigas e belas de Verona. Construída originalmente no século I a.C., a ponte romana atravessa o rio Adige e conecta a parte antiga da cidade com a colina onde fica o Teatro Romano.

Ao longo dos séculos, a Ponte Pietra foi parcialmente destruída e reconstruída várias vezes, mas ainda mantém sua beleza e charme originais. Ao caminhar pela ponte, observe os diferentes estilos de construção e materiais utilizados em suas restaurações, como os arcos romanos originais em mármore branco e os arcos medievais em tijolo vermelho.

A Ponte Pietra é mais do que apenas uma passagem sobre o rio Adige, é uma conexão com a história de Verona, um símbolo de resiliência e uma janela para o passado. Se a ponte pudesse falar, com certeza teria muitas histórias sobre batalhas, inundações e amores proibidos para compartilhar.

4. Chiesa di Sant’Anastasia

Chiesa di Sant’Anastasia

A Chiesa di Sant’Anastasia é uma belíssima igreja gótica situada no centro histórico de Verona, próxima ao rio Adige. Construída entre os séculos XIII e XV, a igreja é dedicada a Santa Anastasia, uma mártir do século III, mas também é popularmente associada a São Pedro Mártir, um dominicano que se tornou santo padroeiro de Verona.

O interior da igreja é esplendidamente decorado com afrescos, colunas de mármore colorido e esculturas requintadas. Um dos destaques é a impressionante obra “São Jorge e a Princesa” de Pisanello, uma pintura gótica internacional que representa um cavaleiro lutando contra um dragão.

Ao visitar a Chiesa di Sant’Anastasia, prepare-se para ser transportado a uma era de devoção, beleza e misticismo, e não se surpreenda se você se pegar buscando inspiração divina ou meditando sobre o destino de dragões e princesas.

3. Basilica di San Zeno Maggiore

Basilica di San Zeno Maggiore

A Basílica di San Zeno Maggiore é uma obra-prima da arquitetura românica e uma das igrejas mais importantes de Verona. Construída entre os séculos X e XII, a basílica é dedicada a San Zeno, o padroeiro da cidade.

A fachada impressionante da igreja apresenta um belo portal de mármore com uma série de relevos e esculturas, enquanto o interior é adornado com afrescos e colunas elegantes. Um dos destaques da Basílica di San Zeno é o magnífico retábulo de Andrea Mantegna, uma obra de arte renascentista que retrata a Assunção da Virgem.

O complexo da basílica também inclui um claustro, um campanário e a cripta onde estão os restos mortais de San Zeno. Ao explorar os tesouros artísticos e espirituais desta igreja, você poderá apreciar a rica história e a devoção que moldaram Verona ao longo dos séculos. E quem sabe, talvez a tranquilidade e a beleza do local inspirem sua própria jornada de autodescoberta e conexão com o sagrado.

2. Piazza delle Erbe

Piazza delle Erbe

A Piazza delle Erbe, situada no coração do centro histórico de Verona, é uma das praças mais antigas e vibrantes da cidade. Originalmente um fórum romano, a praça se transformou ao longo dos séculos em um animado mercado onde você pode encontrar produtos frescos, souvenires e artesanato local.

A Piazza delle Erbe é cercada por belos edifícios históricos, como a Casa dei Mercanti, a Torre del Gardello e o Palazzo Maffei, que exibem uma mistura de estilos arquitetônicos, desde o românico até o barroco. No centro da praça, você encontrará a Fontana Madonna Verona, uma fonte do século XIV com uma escultura romana que representa a personificação da cidade.

Enquanto você passeia pela Piazza delle Erbe, absorva a energia vibrante e mergulhe na história e cultura locais. Afinal, não há nada como um mercado animado para te fazer sentir parte da vida cotidiana de uma cidade histórica.

1. Arena de Verona

Verona Arena

A Verona Arena é um anfiteatro romano bem preservado e um dos marcos mais icônicos de Verona. Construída no século I d.C., a arena é o terceiro maior anfiteatro romano ainda em pé e uma prova impressionante das habilidades de engenharia e arquitetura da Roma Antiga.

A arena podia acomodar até 30.000 espectadores em seus tempos áureos e era usada para entretenimento público, como batalhas de gladiadores e teatro. Hoje, a Verona Arena é um local popular para eventos culturais, incluindo concertos, óperas e performances teatrais.

O famoso Festival de Ópera de Verona acontece na arena todos os verões, proporcionando uma experiência única e emocionante para os amantes da música. Visitar a Verona Arena é uma oportunidade imperdível para apreciar a grandeza e a história da Roma Antiga e vivenciar a tradição viva de Verona como um centro de cultura e arte. Então, prepare-se para se maravilhar com a arquitetura e a acústica excepcional enquanto desfruta de uma performance sob as estrelas.

Quantos Dias Ficar em Verona?

O tempo ideal para ficar em Verona pode variar dependendo do seu ritmo e interesses pessoais. No entanto, muitos visitantes acham que 2 a 3 dias são suficientes para explorar as principais atrações da cidade e absorver sua atmosfera romântica.

Em um período de 2 a 3 dias, você pode visitar locais icônicos como a Casa di Giulietta, a Verona Arena, a Piazza delle Erbe e a Basílica di San Zeno Maggiore, além de passear pelas charmosas ruas e praças da cidade. Se você gosta de arte, história ou arquitetura, pode considerar passar mais tempo visitando museus e igrejas, ou até mesmo participar de um passeio guiado para aprender mais sobre a rica história de Verona.

Se você deseja explorar a região ao redor de Verona, pode considerar ficar na cidade por mais tempo e fazer passeios de um dia para destinos próximos, como o Lago de Garda, as vinícolas de Valpolicella ou as cidades históricas de Vicenza e Padova.

Em última análise, o tempo ideal para ficar em Verona depende do que você deseja experimentar e de como deseja estruturar sua viagem. Independentemente do tempo que você escolher, Verona certamente oferecerá uma experiência inesquecível e repleta de romance.

Compartilhe: