27 Pontos Turísticos Imperdíveis na Inglaterra

A Inglaterra, com sua rica combinação de história, cultura e paisagens de tirar o fôlego, é um destino verdadeiramente inesquecível. No momento em que você pisa nesta terra antiga, é fácil ser transportado para tempos passados, onde cavaleiros valentes, monarcas poderosos e poetas inspirados caminhavam. Mas a Inglaterra não é apenas um lugar para os amantes da história – é um país vibrante e moderno que tem algo para todos, desde a agitação cosmopolita de Londres à tranquilidade rural dos Cotswolds.

Ao planejar uma viagem para a Inglaterra, a escolha do que incluir em seu itinerário pode ser difícil. O país está repleto de locais de interesse histórico, maravilhas naturais, cidades charmosas e atrações modernas. Você pode se encontrar caminhando pelas ruas de paralelepípedos de York, perdido em pensamentos filosóficos na biblioteca Bodleian em Oxford, ou talvez até mesmo surfando nas ondas de Cornwall.

Cada cidade, cada vila, cada canto deste país tem uma história para contar. Há os monumentos icônicos, como o misterioso Stonehenge e a majestosa Tower of London, que atraem visitantes de todo o mundo. Há locais de beleza natural inigualável, como as dramáticas falésias brancas de Dover e o tranquilo Distrito dos Lagos. E então, há as joias escondidas, os lugares menos conhecidos, mas igualmente encantadores, que oferecem um vislumbre da vida inglesa além das rotas turísticas mais conhecidas.

Então, seja você um historiador apaixonado, um amante da natureza, um entusiasta da cultura pop ou simplesmente alguém em busca de uma boa xícara de chá e um “scone”, a Inglaterra tem algo para você. Prepare-se para embarcar em uma aventura como nenhuma outra, e descubra o que faz da Inglaterra um lugar verdadeiramente mágico.

Mapa dos Pontos Turísticos da Inglaterra

Viajar pela Inglaterra é como folhear as páginas de um livro de história viva. Cada lugar que você visita, cada marco que você vê, cada pedra que você toca, conta uma parte da história desta nação extraordinária. E a melhor parte é que você pode escolher os capítulos que mais lhe interessam, seja a era romana, a era medieval, a Revolução Industrial ou o presente contemporâneo.

27. Bodleian Library

 Bodleian Library

Uma das bibliotecas mais antigas da Europa, a Bodleian, em Oxford, é um verdadeiro paraíso para os amantes de livros. Com mais de 13 milhões de impressos, é fácil se perder entre suas prateleiras e corredores. É também incrivelmente bonita, com uma arquitetura impressionante que se assemelha a uma catedral dedicada ao conhecimento.

Lembre-se de que a biblioteca é tão séria sobre a preservação de seus livros que, até 1610, os visitantes eram acorrentados aos livros para evitar que os levassem! Felizmente, essa prática foi abandonada.

26. Pier de Brighton

Também conhecido como o Palace Pier, este é um dos destinos turísticos mais populares da Inglaterra. Localizado na vibrante cidade costeira de Brighton, o pier é um deleite para os sentidos com seus brilhantes letreiros de néon, a alegria dos jogos de fliperama e o cheiro dos churros recém-assados. Não se esqueça de dar uma volta na roda-gigante para uma vista magnífica do mar.

E, por falar nisso, se alguém disser que Brighton Pier é apenas um lugar para turistas, sorria e acene. Eles provavelmente estão apenas com inveja porque perderam o último churro.

25. Tower Bridge

 Tower Bridge

Muito mais do que uma simples ponte, a Tower Bridge de Londres é uma obra-prima da engenharia vitoriana e um dos marcos mais reconhecidos do mundo. Com suas duas torres góticas e a passarela superior, que originalmente foi projetada para que os pedestres pudessem atravessar mesmo quando a ponte estivesse levantada para a passagem de navios, a Tower Bridge é um espetáculo à parte.

Não perca a exposição interna que conta a história da ponte, e se você não tem medo de altura, experimente o chão de vidro na passarela superior. Não é todo dia que você tem a chance de ver um ônibus de dois andares passar por baixo dos seus pés!

24. Magical Mystery Tour, em Liverpool

 Magical Mystery Tour, Liverpool

Se você é fã dos Beatles, este passeio é obrigatório. O Magical Mystery Tour leva você a um passeio de ônibus de duas horas pelos principais pontos de Liverpool relacionados à banda mais famosa do mundo.

Você verá a casa onde John Lennon cresceu, o Penny Lane, o Strawberry Field, e muito mais. Não se esqueça de cantar junto quando “Hey Jude” tocar no rádio do ônibus! E se você não for um fã dos Beatles, bem… Liverpool tem um ótimo time de futebol.

23. Leeds Castle

 Leeds Castle

Não se deixe enganar pelo nome, o Leeds Castle não está em Leeds, mas em Kent. Este castelo, que data do século IX, foi descrito como “o castelo mais lindo do mundo”, e é fácil entender o porquê. Rodeado por um lago e belos jardins, o castelo tem uma aparência de conto de fadas.

E, ao contrário da maioria dos castelos, que tendem a ser um pouco… bom, mofados, o Leeds Castle tem um labirinto, um campo de golfe e até mesmo um zoológico de aves. Afinal, quem precisa de uma masmorra quando você pode ter um flamingo?

22. Maritime Greenwich

 Maritime Greenwich

Greenwich, em Londres, é um local de grande importância histórica e científica. Foi lá que o meridiano de Greenwich (0º de longitude) foi estabelecido, e é aí que todos os relógios do mundo são definidos (em relação ao Tempo Médio de Greenwich ou GMT). O Observatório Real, onde o meridiano se encontra, é um must-see, assim como o magnífico navio Cutty Sark, um dos últimos clippers de chá que restaram, que agora é uma exposição permanente. E quando você terminar de explorar o tempo e o espaço, pode relaxar no lindo Greenwich Park, talvez com um piquenique e um pouco de chá, para entrar no espírito das coisas.

21. Eden Project

 Eden Project

Localizado na Cornualha (Cornwell), o Eden Project é uma atração única e futurista que combina ciência, arte e natureza. Os gigantescos Biomas, estruturas semelhantes a cúpulas, abrigam uma vasta gama de plantas de diferentes climas e ambientes de todo o mundo. Você pode passar de uma floresta tropical úmida para a paisagem árida de um deserto, tudo sem sair da Inglaterra. Além disso, o Eden Project está muito envolvido na educação ambiental e na sustentabilidade, por isso, se você sair de lá sem a mínima vontade de plantar uma árvore, algo está errado. E lembre-se, apesar do nome, não espere encontrar Adão ou Eva por lá!

20. Chester Rows

 Chester Rows

Este é um conjunto arquitetônico absolutamente único localizado na cidade de Chester, no noroeste da Inglaterra. As “Rows” são essencialmente galerias de lojas com dois níveis, que datam da Idade Média. O nível inferior está ao nível da rua, enquanto o superior se estende na frente das propriedades, formando uma cobertura que protege os pedestres da chuva – um recurso muito útil na chuvosa Inglaterra!

As Rows estão espalhadas por quatro ruas principais de Chester e abrigam uma variedade de lojas, de boutiques de moda a antiquários. É uma experiência de compras como nenhuma outra, onde a história se mistura com o comércio. Imagine fazer compras em um shopping que existe há mais de 700 anos!

19. King’s College Chapel

 King’s College Chapel

Localizada em Cambridge, esta é uma das capelas universitárias mais impressionantes do mundo. A construção da capela durou quase um século, de 1446 a 1531, e o resultado final é uma obra-prima de arquitetura gótica inglesa.

Mas é o interior da capela que realmente rouba a cena. O teto abobadado é uma maravilha de engenharia e o vitral é o mais extenso do mundo do período tardio da Idade Média. Além disso, o coro da capela é mundialmente renomado.

O serviço de Natal, conhecido como “Festival of Nine Lessons and Carols”, é transmitido todos os anos pela BBC para milhões de pessoas ao redor do mundo. Se você está pensando em visitar, não se esqueça de conferir se há algum concerto ou serviço ocorrendo – a acústica é divina!

18. Durdle Door

 Durdle Door

Esta é uma das maravilhas naturais mais incríveis da Inglaterra. Localizada na costa de Dorset, no sul da Inglaterra, Durdle Door é uma formação rochosa natural que se parece com um enorme arco. É feita de calcário e foi formada há milhões de anos devido à erosão. A vista do mar através do arco é absolutamente deslumbrante e é um local muito popular para fotografias.

A área ao redor de Durdle Door faz parte da Costa Jurássica, um Patrimônio Mundial da UNESCO que é famoso por seus fósseis. Então, depois de admirar a vista, por que não dar uma olhada nas pedras da praia? Você pode encontrar um fóssil de um dinossauro! Mas lembre-se, não importa o quão tentador seja, não tente subir no arco. É muito frágil e perigoso.

17. Royal Shakespeare Theater

 Royal Shakespeare Theater

Localizado na cidade de Stratford-upon-Avon, o Royal Shakespeare Theater é a casa da Royal Shakespeare Company e um dos melhores lugares do mundo para ver as peças de Shakespeare. O teatro foi substancialmente reconstruído e reaberto em 2010, combinando elementos do edifício original de 1932 com um design moderno e elegante. Ele oferece uma experiência íntima de teatro, onde o público se sente verdadeiramente envolvido na ação.

E falando em ação, a Royal Shakespeare Company é conhecida por suas produções superlativas, então prepare-se para ser emocionalmente arrastado para o mundo de “Romeu e Julieta”, “Hamlet”, “Macbeth” e outros. Se você não for um grande fã de Shakespeare, não se preocupe – você provavelmente será depois de uma visita a este teatro!

16. Surfar em Cornwall

 Surf in Cornwall

A Cornualha é conhecida por muitas coisas – suas pitorescas aldeias de pescadores, seus pastéis de carne deliciosos e, claro, suas praias de surf. A costa da Cornualha é banhada pelo Atlântico, o que significa que há muitas ondas para os surfistas. Alguns dos melhores lugares para surfar incluem Fistral Beach em Newquay, Praa Sands e Porthcurno.

Se você é novato no surf, há muitas escolas de surf onde você pode aprender o básico. E se você já é um surfista experiente, prepare-se para algumas das melhores ondas da sua vida. E não se preocupe se o surf não é a sua praia (desculpe o trocadilho!), as praias da Cornualha são lugares lindos para relaxar e desfrutar do sol… quando ele decide aparecer.

15. Durham Cathedral

 Durham Cathedral

Situada no alto de uma península no Rio Wear, a Catedral de Durham é uma das mais impressionantes catedrais normandas da Inglaterra. Foi construída entre 1093 e 1133 e é famosa por sua incrível arquitetura românica. A catedral também é conhecida por abrigar os restos mortais de St Cuthbert, um santo do século 7, e de Bede, o venerável monge e historiador.

Se você é fã de Harry Potter, pode reconhecer a Catedral de Durham de vários filmes da série, onde serviu como cenário para Hogwarts. Portanto, se você sempre quis sentir que está em um mundo mágico, uma visita à Catedral de Durham é o mais próximo que você chegará… a menos que você tenha uma varinha e uma carta de Hogwarts!

14. British Museum

 British Museum

Localizado em Londres, o British Museum é um dos maiores e mais importantes museus do mundo. Ele abriga milhões de obras, abrangendo mais de dois milhões de anos de história, de todos os cantos do globo.

Entre os destaques estão a Pedra de Roseta, que ajudou a decifrar os hieróglifos egípcios, os frisos do Partenon, também conhecidos como Mármores de Elgin, e a impressionante Sala de Leitura, onde personalidades como Karl Marx e Virginia Woolf já estiveram.

A melhor parte? A entrada é gratuita! Portanto, se você tem uma queda por múmias egípcias ou quer ver algumas das primeiras ferramentas já feitas pelo homem, o British Museum é o lugar para você. Só tente não se perder – o lugar é enorme!

13. Whitby Abbey

 Whitby Abbey

Situada no topo de um penhasco com vista para a cidade costeira de Whitby, a Whitby Abbey é uma ruína de abadia que inspira tanto reverência quanto assombro. Construída no século VII, foi uma das mais importantes abadias da Inglaterra até ser dissolvida e parcialmente destruída no reinado de Henrique VIII.

Hoje, suas ruínas góticas proporcionam uma visão espetacular, especialmente quando são iluminadas à noite. Mas não é só a arquitetura que é atraente – a abadia também tem uma conexão literária. Bram Stoker se inspirou nela ao escrever seu famoso romance “Drácula”.

Então, se você é um fã de literatura gótica, ou apenas gosta de lugares com uma atmosfera um pouco assustadora, a Whitby Abbey é imperdível. Só tente não visitar durante uma tempestade à meia-noite, a menos que você queira um encontro com o Conde Drácula..

12. Canterbury Cathedral

 Canterbury Cathedral

Localizada na cidade histórica de Canterbury, no sudeste da Inglaterra, a Canterbury Cathedral é uma das catedrais cristãs mais antigas do mundo e a sede do Arcebispo da Cantuária, o líder espiritual da Igreja Anglicana.

Sua construção começou no ano de 597 e desde então passou por várias adições e reformas, resultando em uma mistura fascinante de estilos arquitetônicos. O interior é impressionante, com vitrais coloridos, uma nave incrível e o túmulo de Thomas Becket, que foi martirizado na catedral em 1170.

A catedral também é famosa por ser o destino final dos peregrinos no conto clássico de Geoffrey Chaucer, “Os Contos de Cantuária”. Então, se você é um entusiasta da arquitetura, um aficionado por história eclesiástica ou apenas um fã de Chaucer, a Canterbury Cathedral é definitivamente um lugar para visitar. Só tente evitar ser martirizado enquanto estiver lá…

11. Falésias de Dover

 White Cliffs of Dover

As Brancas Falésias de Dover são uma das vistas mais icônicas da Grã-Bretanha. Estas falésias de giz, que podem chegar a 350 pés (110 metros) de altura, estendem-se por oito milhas ao longo da costa de Kent e são imediatamente reconhecíveis em todo o mundo.

Durante a guerra, elas eram frequentemente a primeira e a última visão da Inglaterra para os soldados que partiam e voltavam para casa. Há trilhas que percorrem o topo das falésias, oferecendo vistas espetaculares do Canal da Mancha e, em dias claros, é possível ver a França! Apenas tenha cuidado para não chegar muito perto da borda – não importa o quão brancas e fofinhas elas pareçam, a queda é longa e não tão suave.

10. Warwick Castle

 Warwick Castle

Erguendo-se majestosamente nas margens do rio Avon, o Castelo de Warwick é um dos castelos mais bem preservados da Inglaterra. Originalmente construído por Guilherme, o Conquistador, em 1068, o castelo foi expandido e renovado ao longo dos séculos, mas ainda mantém muitas das suas características medievais.

Hoje, o castelo oferece uma visão fascinante da vida nos tempos medievais, com exposições interativas, reencenações históricas e até mesmo um labirinto de jardim em tamanho real. Se você realmente quer se sentir como a realeza, pode até passar a noite em uma das suítes luxuosas do castelo. E se você acha que tudo isso soa um pouco sério demais, não se preocupe – eles também têm um trebuchet em funcionamento, o maior mecanismo de cerco do mundo. Porque nada diz “diversão em família” como arremessar uma bola de fogo a 300 metros.

9. Lake District

Lake District

O Lake District, ou Distrito dos Lagos, é uma região de montanhas e lagos no noroeste da Inglaterra, e é um dos destinos mais populares para os amantes da natureza no Reino Unido. É famoso por suas paisagens deslumbrantes, que inspiraram poetas como William Wordsworth e Samuel Taylor Coleridge.

Aqui, você pode fazer caminhadas, andar de bicicleta, escalar, velejar, ou simplesmente relaxar e apreciar a beleza natural. Além disso, o Lake District é o lar de Scafell Pike, a montanha mais alta da Inglaterra, e do Windermere, o maior lago natural.

Então, se você gosta de sua paisagem com um pouco de drama, este é o lugar para você. E mesmo que você se canse de todas essas montanhas e lagos (o que é improvável), sempre há a casa de Beatrix Potter para visitar. Porque quem não gostaria de ver onde Peter Rabbit nasceu?

8. Muro de Adriano

Hadrian’s Wall

Construído a mando do imperador romano Adriano no século II d.C., o Muro de Adriano é um testemunho impressionante do alcance e do poder do Império Romano. Estendendo-se por cerca de 73 milhas (117 quilômetros) do Mar da Irlanda até o Mar do Norte, serviu como uma fortificação defensiva, marcando o limite norte do Império Romano na Grã-Bretanha.

Hoje, partes do muro, bem como várias fortalezas, ainda permanecem e são um local popular para caminhadas e estudo histórico. A seção mais bem preservada do muro pode ser encontrada perto de Hexham, em Northumberland. Portanto, se você é um fã de história antiga ou apenas gosta de muros muito longos, o Muro de Adriano deve definitivamente estar na sua lista.

7. Windsor Castle

Windsor Castle

Como uma das residências oficiais da Rainha, o Castelo de Windsor é o castelo ocupado mais antigo e maior do mundo. Foi originalmente construído no século XI por Guilherme, o Conquistador, e desde então tem sido usado por todos os monarcas ingleses e britânicos, tornando-se uma poderosa representação física de 900 anos de história monárquica.

Dentro de suas imponentes muralhas, você encontrará uma riqueza de tesouros, incluindo a Capela de São Jorge, um dos exemplos mais bonitos de arquitetura gótica inglesa, e os Apartamentos de Estado, repletos de obras de arte da Coleção Real. E se você tiver sorte, você pode até ver a Rainha! Bem, provavelmente não, mas você pode pelo menos assistir à Troca da Guarda.

6. The Cotswolds

The Cotswolds

Uma área de grande beleza natural, os Cotswolds são conhecidos por suas colinas ondulantes e suas aldeias pitorescas construídas com a pedra calcária local de cor mel. Abrange cinco condados (Gloucestershire, Oxfordshire, Warwickshire, Wiltshire e Worcestershire), cada um com seu próprio caráter único.

Você pode passar seus dias explorando encantadoras aldeias de mercado como Stow-on-the-Wold e Bourton-on-the-Water, visitando mansões históricas e jardins, ou simplesmente caminhando pela bela paisagem. E depois de um longo dia, você pode se aconchegar em um dos muitos pubs acolhedores para um prato de ‘pie and mash’ (torta e purê) e uma pinta de cerveja local. É o retrato da vida rural inglesa, e é tão encantador quanto você imagina.

5. York Minister

York Minister

Oficialmente conhecida como a Catedral e Metropolítica Igreja de São Pedro em York, York Minster é uma das maiores catedrais do norte da Europa e é reconhecida por sua incrível arquitetura gótica. Os destaques incluem a grande janela oeste, conhecida como “O Coração de Yorkshire”, e a janela leste, que é a maior área única de vidro medieval do mundo.

A catedral também possui uma série de exposições fascinantes que contam a história de sua construção e restauração. Se você estiver se sentindo particularmente enérgico, pode subir os 275 degraus até o topo da Torre Central para vistas panorâmicas de York e além. Só não olhe para baixo se tiver medo de alturas!

4. Abadia de Westminster

Westminster Abbey

ste é provavelmente um dos edifícios mais famosos de Londres, e por um bom motivo. Westminster Abbey é um local de coroação e enterro para monarcas ingleses e britânicos desde o século XI. Além disso, é o local de repouso final de mais de 3.000 grandes figuras britânicas, de reis e rainhas a escritores como Geoffrey Chaucer e Charles Dickens.

O interior é tão impressionante quanto se poderia esperar, com uma nave incrível, uma impressionante capela de Henrique VII e o Trono de São Eduardo, usado na coroação de todos os monarcas desde 1308.

A abadia também foi o local de muitos casamentos reais, incluindo o do Príncipe William e Kate Middleton em 2011. Então, se você quiser ter um gostinho da história e do esplendor britânicos, Westminster Abbey é o lugar para estar.

3. Roman Baths

Roman Baths

Situado no coração da cidade histórica de Bath, o complexo do Banho Romano é um dos melhores exemplos preservados de um antigo local de banho romano em todo o mundo. A atração permite que os visitantes vejam os banhos e o templo que foram construídos em torno das únicas fontes termais da Grã-Bretanha.

Os visitantes podem explorar as ruínas dos banhos, ver artefatos encontrados no local e aprender sobre a vida na Britânia Romana. Apesar de os banhos não estarem mais abertos para banhistas (a água não é segura para o banho devido à contaminação bacteriana), você pode tocar na água na antiga piscina e se perguntar como seria a vida como um romano tomando banho. E depois de visitar os banhos, não se esqueça de explorar o resto de Bath, que é uma cidade Patrimônio Mundial da UNESCO por si só.

2. Tower of London

Tower of London

A Torre de Londres é um dos marcos mais emblemáticos da cidade e carrega uma história rica e às vezes sombria. Originalmente construída por Guilherme, o Conquistador, em 1078, a Torre serviu a muitos propósitos, incluindo residência real, prisão, casa da moeda, arsenal e até mesmo zoológico.

Hoje, é provavelmente mais conhecida como a casa das Joias da Coroa, uma coleção deslumbrante de 23.578 gemas, incluindo a maior topázio branco cortado do mundo.

Mas a Torre não é só brilho e glamour. Ela viu sua quota de intriga e derramamento de sangue, sendo o local de execução de várias figuras históricas, incluindo três rainhas da Inglaterra. Então, se você gosta de jóias cintilantes, corvos falantes e histórias de decapitações, a Torre de Londres é o lugar para você. Só tente não perder a cabeça…

1. Stonehenge

Stonehenge

Stonehenge é um dos monumentos mais misteriosos e fascinantes do mundo. Localizado no condado de Wiltshire, esse círculo de pedras enormes foi construído há mais de 4.000 anos, e seu propósito exato ainda é motivo de debate entre os historiadores. Foi um templo para o sol? Um cemitério ancestral? Um centro para a cura? As teorias são muitas, mas o que é certo é que é uma conquista impressionante de engenharia pré-histórica.

Durante o solstício de verão, o sol nasce atrás do Heel Stone, o único dos grandes blocos de pedra de Stonehenge que está fora do círculo, e seus primeiros raios brilham diretamente no centro do monumento. É um espetáculo realmente mágico. Então, se você quer contemplar os mistérios do universo (ou apenas tirar algumas fotos muito boas), Stonehenge é imperdível. Só tente não se meter em qualquer ritual druídico a menos que você saiba o que está fazendo…

Compartilhe: