27 Incríveis Pontos Turísticos na Alemanha que Você Precisa Conhecer

A Alemanha, conhecida por suas cervejas finas, carros velozes, história rica e cultura vibrante, é verdadeiramente um destino de viagem que oferece algo para todos. De pitorescas vilas medievais a cidades modernas pulsantes, de paisagens naturais deslumbrantes a monumentos históricos fascinantes, este país é uma tapeçaria encantadora de experiências e aventuras.

Neste artigo, embarcamos em uma viagem imaginária pela Alemanha, explorando 27 dos seus mais notáveis pontos turísticos. Desde as ruas de paralelepípedos de Quedlinburg até o deslumbrante castelo de Neuschwanstein, passando pela animada Oktoberfest em Munique e os impressionantes penhascos de Rugen, este é um convite para descobrir o que faz da Alemanha um dos destinos turísticos mais amados do mundo.

Então prepare sua caneca de cerveja, pegue um pretzel e junte-se a nós nesta jornada memorável pela Alemanha. Prost!

27. Speicherstadt, em Hamburgo

 Speicherstadt in Hamburg

Hamburgo, nos traz para a era da industrialização. A Speicherstadt, ou “Cidade dos Armazéns”, é uma reminiscência dos dias de glória do comércio marítimo de Hamburgo.

Construída entre 1883 e 1927, é a maior área de armazéns contínuos do mundo e um esplêndido exemplo de arquitetura gótica em tijolos. Imagine armazéns imponentes, todos em linha, separados por canais estreitos – realmente um cenário que poderia inspirar os romancistas de mistério por gerações!

Além disso, é o lar do impressionante Miniatur Wunderland, um mundo em miniatura que é um sucesso com pessoas de todas as idades. Para dar um toque de modernidade, não deixe de visitar o vizinho HafenCity, um exemplo deslumbrante de regeneração urbana.

E se tudo isso não bastasse, a Speicherstadt também brilha (literalmente!) à noite, quando a iluminação dramática dá um toque especial à área. Speicherstadt é o paraíso dos fotógrafos, um lugar para flaneurs urbanos e um prato cheio para os amantes da história.

26. Quedlinburg

 Quedlinburg

Aninhada no coração da Saxônia-Anhalt, Quedlinburg é uma joia do norte da Alemanha que parece ter saído diretamente de um conto de fadas dos Irmãos Grimm. Desde 1994, a cidade foi nomeada um Patrimônio Mundial da UNESCO, e por boas razões. Conta com mais de 1.300 estruturas em enxaimel datando de seis séculos diferentes – é como um catálogo de arquitetura ao longo do tempo!

Mas não é só o aspecto de cidade medieval que chama atenção; a Colina do Castelo de Quedlinburg abriga a Igreja Colegiada de St. Servatius, que é um espetáculo à parte.

E, claro, quem não gostaria de perambular pelas ruas de paralelepípedos, talvez tropeçando na casa onde o cientista alemão Otto von Guericke nasceu? Se você gosta de história e um pouco de charme antiquado, Quedlinburg é seu lugar.

25. Römer, em Frankfurt

 Römer in Frankfurt

Quando pensamos em Frankfurt, muitas vezes a primeira imagem que nos vem à mente é de arranha-céus cintilantes e a agitação do seu distrito financeiro. No entanto, o coração histórico de Frankfurt é onde reside o encanto verdadeiro.

Römer, a histórica prefeitura da cidade, é um exemplo magnífico disto. Datada do século XV, a estrutura de três andares tem uma fachada de enxaimel impressionante e é um marco indiscutível na praça Römerberg.

O nome “Römer” significa “romano” em alemão, mas não se deixe enganar – o lugar não tem conexões com a Roma Antiga. Em vez disso, é derivado de uma família de comerciantes que possuía o edifício antes dele se tornar a sede do governo.

Se estiver em Frankfurt durante o Natal, você será ainda mais sortudo – a praça Römerberg se transforma num idílico mercado de Natal, tornando o Römer ainda mais mágico.

24. Altes Rathaus de Bamberg

 Old Town Hall in Bamberg

Bamberg, uma charmosa cidade na Baviera, é mais conhecida pelo seu Antigo Paço Municipal, ou “Altes Rathaus” em alemão. O que torna este edifício tão especial? Bem, ele está estrategicamente situado no meio de um rio!

A lenda conta que o bispo de Bamberg não deu aos cidadãos qualquer terra para a construção de um edifício da cidade. Em resposta, os moradores locais mostraram uma incrível dose de determinação (ou talvez apenas um toque de teimosia) – eles criaram uma ilha artificial no rio Regnitz e construíram o seu paço municipal ali!

O resultado é um edifício pitoresco adornado com frescos fabulosos, equilibrado em uma ponte e rodeado por águas correntes. É um local que quase implora para ser fotografado, e é um testemunho ao espírito resoluto dos cidadãos de Bamberg.

23. Montanhas Harz

 Harz Mountains

Da cidade para a natureza, as Montanhas Harz são um verdadeiro paraíso para os amantes do ar livre. Este é o lugar onde você pode trocar os paralelepípedos das cidades alemãs pelas trilhas sinuosas através de florestas densas, vales e picos rochosos.

Com uma altitude de mais de 1.100 metros, o Brocken é o pico mais alto aqui e foi famoso durante a Guerra Fria por abrigar instalações de escuta da Stasi e da KGB. Hoje, é mais conhecido pelas vistas panorâmicas que oferece aos caminhantes.

Não é muito fã de caminhadas? Sem problemas! Há um trem a vapor chamado Brockenbahn que pode levá-lo ao topo. Além das paisagens naturais, as Montanhas Harz também são pontilhadas com cidades pitorescas e minas históricas.

Se você estiver por perto em Walpurgisnacht (a noite de 30 de abril), você também pode ver as celebrações locais que marcam o início da primavera – e, segundo as lendas locais, as bruxas voando no céu!

22. Catedral de Aachen

 Aachen Cathedral

Uma viagem à Alemanha não estaria completa sem visitar pelo menos uma das suas impressionantes catedrais, e a Catedral de Aachen é definitivamente uma das mais notáveis.

Sua construção remonta ao século 8, quando foi encomendada por ninguém menos que Carlos Magno, o primeiro imperador do Sacro Império Romano. Ele ainda está sepultado na catedral, então você pode dizer que este lugar tem pedigree real!

A Catedral de Aachen é conhecida por sua mistura eclética de estilos arquitetônicos, com elementos de design carolíngio, otônico e gótico. O destaque, sem dúvida, é o Palatine Chapel, com seus belos mosaicos e a atmosfera sagrada.

A Catedral de Aachen não é apenas um local histórico fascinante, mas também um Patrimônio Mundial da UNESCO – um título bem merecido!

21. Sylt

 Sylt

E agora, que tal um pouco de areia entre os dedos dos pés? Sylt, a maior das Ilhas Frísias do Norte, é o destino de praia favorito da Alemanha. É conhecida como a “Rainha do Mar do Norte”, e é fácil entender por quê. Imagine dunas ondulantes, praias de areia branca, faróis pitorescos e charmosas casas com telhados de colmo – é a receita perfeita para uma escapadela à beira-mar.

Sylt também é famosa por seus resorts de spa e uma cena gastronômica próspera, com uma série de restaurantes com estrelas Michelin. Mas não se preocupe, não é tudo sobre luxo – há também trilhas de bicicleta, observação de aves e até mesmo locais históricos como o sítio arqueológico de Denghoog.

Quer você esteja procurando relaxar, se deliciar com frutos do mar frescos ou apenas dar um passeio à beira-mar, Sylt tem algo para todos.

20. Volkerschlachtdenkmal, em Leipzig

 Volkerschlachtdenkmal in Leipzig

Agora, prepare-se para uma dose saudável de grandiosidade em Leipzig. O Volkerschlachtdenkmal, ou Monumento da Batalha das Nações, é uma estrutura colossal erguida para comemorar a Batalha de Leipzig de 1813, que marcou uma virada crucial nas Guerras Napoleônicas.

Este não é apenas qualquer monumento, é o maior monumento de batalha na Europa. Estende-se a impressionantes 91 metros de altura, e se você tiver fôlego (e coragem) suficiente para subir os 500 degraus até o topo, será recompensado com uma vista panorâmica incrível de Leipzig.

O monumento em si é um espetáculo de arquitetura e escultura, apresentando figuras alegóricas que representam a vitória, o sacrifício, a fé e a força. Claro, com toda essa grandiosidade, você pode achar que é tudo um pouco excessivo – mas ei, é isso que faz do Volkerschlachtdenkmal uma atração tão única e memorável.

19. Parque Nacional da Suíça Saxônia

 Saxon Switzerland National Park

A Suíça Saxônia, apesar do nome, não é na Suíça – mas você seria perdoado por pensar o contrário, dada a beleza alpina do local. Situado no leste da Alemanha, este parque nacional é um verdadeiro banquete para os olhos, com suas impressionantes formações rochosas de arenito, profundos vales fluviais e vastas florestas.

As atividades aqui são incontáveis: caminhada, escalada, ciclismo, canoagem, ou simplesmente contemplar a paisagem. Um dos destaques é a Bastei, uma ponte de arenito que oferece vistas deslumbrantes sobre o rio Elba e as montanhas circundantes.

É um lugar que fará os entusiastas da natureza e os fotógrafos suspirarem de admiração, e prova que você não precisa cruzar a fronteira suíça para experimentar paisagens de montanha deslumbrantes!

18. Castelo de Schwerin

 Schwerin Castle

A Alemanha é famosa pelos seus castelos, e o Castelo de Schwerin é um dos mais impressionantes. Aninhado em uma pequena ilha no Lago Schwerin, este castelo parece ter saído de um conto de fadas com suas torres douradas e reflexos deslumbrantes na água.

Originalmente construído no século 11, o castelo que vemos hoje é na verdade uma recriação romântica do século 19 – mas isso não o torna menos encantador. Dentro, você encontrará um museu dedicado à história local e arte – sem mencionar a impressionante arquitetura do próprio castelo.

Não deixe de explorar os jardins ao redor, que apresentam um belo paisagismo e uma abundância de plantas exóticas. Se você tiver sorte, pode até mesmo avistar o fantasma residente do castelo, a lendária Dama Branca!

17. Rugen Cliffs

 Rugen Cliffs

Rugen é a maior ilha da Alemanha, localizada no Mar Báltico, e é particularmente famosa por suas falésias de giz. A mais famosa dessas falésias é o Königsstuhl (ou Cadeira do Rei), que se ergue a uma altura vertiginosa de 118 metros acima do mar.

A visão da faixa branca da falésia contra o azul profundo do Mar Báltico é uma visão verdadeiramente memorável e um paraíso para os fotógrafos. Você pode chegar ao topo da Königsstuhl caminhando através do Parque Nacional Jasmund – uma caminhada que, além das deslumbrantes vistas para o mar, também oferece a oportunidade de explorar as florestas antigas de faia do parque.

Só não se esqueça de usar sapatos confortáveis!

16. Berchtesgaden

 Berchtesgaden

Localizado na Baviera, perto da fronteira com a Áustria, Berchtesgaden é um destino que combina beleza natural, história e cultura. A atração principal é o Parque Nacional de Berchtesgaden, um paraíso para os amantes da natureza, com suas montanhas escarpadas, lagos cristalinos e fauna diversificada.

Não perca uma visita ao lago Königssee, conhecido como o “Fiorde da Baviera”, por suas águas tranquilas e cercado por montanhas íngremes. A cidade de Berchtesgaden também tem uma história fascinante, já que foi o local do famoso Eagle’s Nest de Adolf Hitler, uma residência de montanha com vistas panorâmicas que agora é um museu.

Além disso, a cidade também é conhecida pelas minas de sal, que podem ser exploradas em uma excursão subterrânea. Seja explorando a natureza, mergulhando na história ou simplesmente desfrutando da atmosfera alpina, Berchtesgaden é um lugar que tem muito a oferecer.

15. Reichstag, em Berlin

 Reichstag in Berlin

Se está em Berlim, é obrigatório visitar o Reichstag, o edifício que abriga o Bundestag, o parlamento alemão. Este edifício emblemático tem uma história rica e, às vezes, tumultuada – assim como a própria Berlim.

Originalmente concluído em 1894, o Reichstag testemunhou os altos e baixos da história alemã, desde o Império Alemão até a República de Weimar, o Terceiro Reich e finalmente a Alemanha reunificada. Um dos destaques é a cúpula de vidro, projetada pelo famoso arquiteto britânico Norman Foster, que oferece uma vista panorâmica da cidade e simboliza a transparência do governo democrático.

O melhor de tudo? A entrada é gratuita – mas lembre-se de reservar com antecedência, pois é um ponto turístico popular.

14. Zugspitze

 Zugspitze

Você está pronto para uma aventura alpina? A Zugspitze, com impressionantes 2.962 metros de altura, é a montanha mais alta da Alemanha. Se você é um aventureiro ávido, pode optar por subir, mas se prefere um ritmo mais tranquilo, pode usar o teleférico para chegar ao topo.

De qualquer forma, a recompensa será uma vista panorâmica espetacular dos Alpes que se estendem pela Alemanha, Áustria, Itália e Suíça. No topo, você encontrará um restaurante onde pode se aquecer com uma refeição quente e até mesmo um glaciar onde pode esquiar no inverno.

Certifique-se de trazer um agasalho extra – mesmo no verão, as temperaturas podem ser frescas lá em cima!

13. Nuremberg Christmas Market

 Nuremberg Christmas Market

Se estiver visitando a Alemanha durante a época festiva, não pode perder o Mercado de Natal de Nuremberg, também conhecido como “Christkindlesmarkt”.

Este é um dos mercados de Natal mais famosos do mundo, atraindo milhões de visitantes todos os anos. Imagine barracas de madeira cheias de ornamentos natalinos cintilantes, pão de gengibre tradicional (“Lebkuchen”), salsichas grelhadas e vinho quente (“Glühwein”). Tudo isso é realçado pelo charme medieval da cidade de Nuremberg, com suas muralhas antigas e castelo.

O mercado é inaugurado todos os anos por uma procissão liderada pelo “Christkind”, uma figura angelical dourada que é uma das tradições mais queridas da Baviera. É realmente o lugar perfeito para se imergir no espírito festivo e talvez até comprar alguns presentes!

12. Rothenburg ob der Tauber

 Rothenburg ob der Tauber

Entrar em Rothenburg ob der Tauber é como voltar no tempo. Esta pitoresca cidade medieval na região da Francônia, Baviera, é famosa por suas bem preservadas casas em enxaimel, muralhas fortificadas e atmosfera charmosa.

Caminhe pelas estreitas ruas de paralelepípedos, visite lojas de artesanato locais, suba à torre do prefeito para uma vista panorâmica da cidade e faça uma parada para um “Schneeball” – um doce local que parece uma bola de neve.

E para aqueles com um gosto pelo macabro, há o Museu do Crime Medieval, que exibe uma variedade de instrumentos de tortura da época. Em suma, Rothenburg é a personificação da Alemanha de conto de fadas que você sempre imaginou.

11. Castelo Hohenzollern

 Hohenzollern Castle

Os contos de fadas se tornam realidade no Castelo de Hohenzollern, uma fortaleza deslumbrante que fica no topo de uma montanha na região de Swabian, no sudoeste da Alemanha. Este castelo neogótico foi a sede da Casa de Hohenzollern, uma das mais poderosas dinastias nobres da Europa, que incluía reis da Prússia e imperadores alemães.

Com suas torres majestosas, interiores opulentos e vistas panorâmicas da paisagem circundante, você se sentirá como a realeza durante a sua visita. Não se esqueça de conferir a Capela de Santa Maria e a impressionante coleção de arte e relíquias históricas, que inclui a coroa do rei Frederico II da Prússia.

Apenas um aviso: pode ser bastante empolgante subir a colina até o castelo, mas acredite em mim, a vista vale a pena!

10. Floresta Negra

 Black Forest

Deixe-me adivinhar, você pensou em bolo, não é? Enquanto a Floresta Negra é famosa por dar seu nome ao delicioso bolo de chocolate, cereja e creme, há muito mais nessa região do sudoeste da Alemanha.

Com seus densos bosques de pinheiros e abetos, colinas ondulantes e aldeias pitorescas, a Floresta Negra é o cenário perfeito para atividades ao ar livre, como caminhadas, ciclismo e esqui no inverno.

Não perca a chance de visitar cidades como Baden-Baden, com seus famosos spas, e Freiburg, conhecida por seu belo minster gótico. E, é claro, a região também é famosa por seus relógios cuco artesanais – por que não levar um para casa como lembrança?

9. Vale do Reno

Romantic Rhine

O Vale do Reno, ou Reno Romântico, é uma seção deslumbrante do rio Reno que se estende entre as cidades de Bonn e Bingen.

Esta área é famosa por suas belas paisagens, com vinhas íngremes, florestas densas e, acima de tudo, uma série de castelos e fortalezas medievais que se erguem majestosamente ao longo das margens do rio.

Não deixe de visitar a lendária Rocha Lorelei, um penhasco de ardósia íngreme associado a inúmeras histórias e lendas. Se puder, faça um cruzeiro no rio para apreciar as vistas espetaculares do vale.

A área é também uma região vinícola proeminente, então não perca a chance de provar alguns dos excelentes Rieslings produzidos aqui.

8. Frauenkirche in Dresden

Frauenkirche in Dresden

A Frauenkirche, ou Igreja de Nossa Senhora, em Dresden é mais do que apenas um lugar de culto – é um símbolo de resiliência e renascimento.

A igreja original do século 18, conhecida por sua cúpula alta e majestosa, foi destruída durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial. No entanto, em vez de ser esquecida, a igreja foi meticulosamente reconstruída ao longo de uma década e reaberta em 2005.

Hoje, a Frauenkirche se ergue novamente como uma das mais belas igrejas barrocas da Alemanha, com seu interior magnífico e uma cúpula que oferece uma vista panorâmica de Dresden. A visita à igreja é gratuita, mas há uma pequena taxa para subir à cúpula – vale a pena para a vista!

7. Lindau

Lindau

Lindau é uma pitoresca cidade situada numa ilha no Lago Constance, ou Bodensee, como é conhecido localmente. É como se a natureza e a arquitetura histórica tivessem combinado para criar o cenário perfeito para uma pintura.

O porto de Lindau, com seu farol e o monumento do leão da Baviera, é um dos cartões postais mais famosos da Alemanha. A cidade velha é um labirinto de ruas estreitas, repleto de belas casas antigas e edifícios históricos como a Antiga Câmara Municipal e a Igreja de São Pedro.

Além disso, a localização de Lindau, no ponto de encontro das fronteiras alemã, austríaca e suíça, torna-a um ponto de partida ideal para explorar a região do Lago Constance.

6. Oktoberfest

Oktoberfest

Ah, a Oktoberfest! O maior festival de cerveja do mundo e uma verdadeira instituição bávara. Realizada anualmente em Munique, este festival de 16 a 18 dias atrai milhões de visitantes de todo o mundo que vêm para desfrutar de litros (e mais litros!) de cerveja, música tradicional, trajes típicos e a famosa hospitalidade bávara.

Mas não é apenas sobre cerveja – há também uma variedade de comidas deliciosas para provar, como pretzels gigantes, salsichas e “hendl” (frango assado). Além disso, a Oktoberfest também oferece diversões como carrosséis, jogos de tiro e a roda gigante tradicional.

Apenas uma dica: as reservas para as tendas de cerveja podem ser feitas com muitos meses de antecedência, então planeje adequadamente se quiser ter a experiência completa da Oktoberfest.

5. Catedral de Colônia

Cologne Cathedral

Dominando o horizonte de Colônia, a Catedral de Colônia, ou Kölner Dom, é verdadeiramente uma obra-prima da arquitetura gótica. Essa estrutura impressionante levou mais de 600 anos para ser concluída e é uma das maiores catedrais de toda a Europa.

Se você estiver se sentindo aventureiro, pode subir os 533 degraus até o topo de uma das torres para uma vista deslumbrante da cidade e do Rio Reno.

Não deixe de conferir a Relíquia dos Três Reis Magos, que supostamente contém os restos mortais dos Três Reis Magos, e o impressionante vitral do século 20 projetado por Gerhard Richter. Uma verdadeira joia, não apenas de Colônia, mas de toda a Alemanha

4. Holstentor, em Lübeck

Holstentor in Lübeck

O Holstentor, ou Portão de Holsten, é talvez o mais famoso portão de cidade remanescente na Alemanha e é definitivamente o símbolo mais conhecido de Lübeck. Esta fortaleza de tijolos do século 15, com suas duas torres arredondadas e faixa central íngreme, parece ter saído diretamente de um livro de histórias.

Hoje, abriga um museu dedicado à história de Lübeck e à importância da cidade como membro da Liga Hanseática. Não é todos os dias que você tem a chance de caminhar através de um pedaço tão bem preservado da história medieval!

3. Cidade Antiga de Heidelberg

Heidelberg Old City

A Cidade Antiga de Heidelberg, ou Altstadt, é um deleite para qualquer amante da história ou arquitetura. Este bairro encantadoramente preservado é um labirinto de ruas estreitas e sinuosas, praças encantadoras e belos edifícios históricos. Entre as muitas joias desta parte da cidade, destacam-se a Igreja do Espírito Santo, a Universidade de Heidelberg (a mais antiga da Alemanha) e, claro, o imponente Castelo de Heidelberg. Esta fortaleza do século 13, parcialmente em ruínas e situada numa colina com vista para a cidade, oferece vistas espetaculares do rio Neckar e do vale abaixo. E depois de um dia de exploração, por que não se sentar em uma das muitas cervejarias ou cafés ao ar livre e assistir o mundo passar?

2. Portão de Brandemburgo, em Berlim

Brandenburg Gate in Berlin

Talvez não exista um símbolo mais poderoso da história alemã do que o Portão de Brandemburgo. Construído no século 18 como um símbolo de paz, este monumento neoclássico em Berlim tem sido palco de inúmeros eventos históricos.

Foi aqui que Napoleão marchou triunfantemente em 1806, e também onde a população de Berlim celebrou a queda do Muro de Berlim em 1989. Hoje, o Portão de Brandemburgo é um ponto de encontro popular e o cenário de muitos eventos públicos.

Com sua impressionante colunata e a famosa Quadriga (a carruagem puxada por quatro cavalos no topo), o Portão de Brandemburgo é uma visita obrigatória em qualquer viagem a Berlim.

1. Castelo de Neuschwanstein

Neuschwanstein

Este é verdadeiramente o castelo de conto de fadas por excelência. Localizado no topo de uma colina nos Alpes da Baviera, o Castelo de Neuschwanstein parece algo saído de um sonho.

Foi construído no século 19 pelo Rei Ludwig II da Baviera, também conhecido como “o Rei Louco”. Ludwig, um grande patrono das artes, projetou Neuschwanstein como uma homenagem à música de Richard Wagner, com muitas salas do castelo dedicadas a diferentes óperas do compositor.

Embora Ludwig tenha morrido antes que o castelo fosse concluído, Neuschwanstein permanece um testemunho de sua visão.

Não deixe de conferir a impressionante sala do trono (sem trono – Ludwig morreu antes de ser instalado) e a bela sala do canto dos cisnes.

A vista do castelo sobre o deslumbrante cenário alpino também não deve ser perdida. Fun fact: dizem que Neuschwanstein inspirou o castelo da Bela Adormecida nos parques da Disney!

Compartilhe: