Os 33 Melhores Pontos Turísticos na Itália

A Itália, um país repleto de história, cultura e paisagens deslumbrantes, é um destino turístico que cativa o coração de viajantes do mundo inteiro. Com uma variedade impressionante de atrações turísticas e regiões para explorar, é praticamente impossível conhecer todas as maravilhas italianas em uma única visita. De cidades históricas a paisagens naturais exuberantes, passando por monumentos icônicos e culinária deliciosa, a Itália oferece experiências inesquecíveis para todos os gostos e interesses.

Abaixo apresentamos uma lista com 33 das melhores atrações turísticas da Itália, que vão desde as mundialmente famosas, como o Coliseu em Roma e a Torre de Pisa, até joias menos conhecidas, como a Ilha de Procida e o Parque Nacional Gran Paradiso. Essa lista é um excelente ponto de partida para quem deseja explorar a Itália e mergulhar na riqueza de sua cultura e tradições.

Lembre-se, porém, de que a Itália é um país com tantos tesouros para descobrir que seria necessário várias viagens para realmente apreciar tudo o que ela tem a oferecer. Portanto, não se preocupe em tentar conhecer tudo de uma só vez – a beleza da Itália é que, a cada visita, você certamente encontrará algo novo e emocionante para explorar e se apaixonar. Buon viaggio!

33. Trulli de Alberobello

 Trulli of Alberobello

Os Trulli de Alberobello são uma série de construções cônicas feitas de pedra calcária, típicas da região da Puglia, no sul da Itália. Essas casas tradicionais, chamadas “trulli”, são únicas em seu design e foram construídas pelos agricultores locais nos séculos passados.

A cidade de Alberobello, em particular, é conhecida por ter a maior concentração dessas estruturas, que são agora Patrimônio Mundial da UNESCO. Os visitantes podem passear pelas ruas estreitas e sinuosas de Alberobello, admirando os trulli e experimentando a atmosfera encantadora dessa cidade histórica.

32. Ilha de Procida

 Island of Procida

A Ilha de Procida é uma pitoresca ilha localizada no Golfo de Nápoles, na costa sudoeste da Itália. É a menor e menos turística das três principais ilhas do golfo, que incluem também Capri e Ischia. Procida é conhecida por suas casas coloridas, praias encantadoras e atmosfera tranquila.

A ilha também serviu de cenário para o famoso filme “Il Postino” (O Carteiro). Os visitantes podem explorar a cidade de Marina di Corricella, com suas casas de pescadores e restaurantes à beira-mar, ou caminhar até Terra Murata, a parte mais antiga e alta da ilha, que oferece vistas deslumbrantes do entorno.

31. Ponte Vecchio em Florença

 Ponte Vecchio in Florence

A Ponte Vecchio é uma das pontes mais famosas e icônicas do mundo, localizada na cidade de Florença, na Itália. Construída sobre o rio Arno, esta ponte medieval de pedra com arcos segmentados é conhecida por suas lojas de ourivesaria, joalherias e souvenires, que se alinham em ambos os lados da ponte.

A Ponte Vecchio também é famosa por seu “corredor vasariano”, uma passagem elevada construída pelo arquiteto Giorgio Vasari, que conecta o Palazzo Vecchio ao Palazzo Pitti. Os visitantes podem passear pela ponte, apreciando as vistas do rio Arno e da cidade de Florença, bem como explorar as lojas e tirar fotos memoráveis.

30. Arena Verona

 Verona Arena

A Arena Verona é um antigo anfiteatro romano localizado no coração da cidade de Verona, no norte da Itália. Construído no século I d.C., é um dos anfiteatros romanos mais bem preservados e o terceiro maior do mundo. Com capacidade para cerca de 30.000 espectadores, a Arena Verona é atualmente usada para uma variedade de eventos, incluindo óperas, concertos e apresentações teatrais.

Durante os meses de verão, o anfiteatro sedia o famoso Festival de Ópera de Verona, atraindo milhares de visitantes de todo o mundo. Não deixe de visitar a Arena durante sua estadia em Verona e experimentar um pouco da história viva desta cidade romântica.

29. Herculaneum

 Herculaneum

Herculaneum, também conhecida como Ercolano, é uma antiga cidade romana que foi destruída, juntamente com Pompeia, na erupção do Monte Vesúvio em 79 d.C. Localizada a sudeste de Nápoles, esta cidade outrora próspera foi preservada sob uma espessa camada de cinzas vulcânicas, o que a manteve bem conservada ao longo dos séculos.

Ao contrário de Pompeia, Herculaneum é menor e menos visitada, proporcionando uma experiência mais íntima e tranquila aos visitantes. As escavações arqueológicas revelaram ruas, casas, mosaicos e afrescos incrivelmente detalhados, oferecendo uma visão fascinante da vida cotidiana na Roma antiga. Não deixe de explorar os tesouros escondidos desta cidade histórica durante sua visita à Itália.

28. Elba

 Elba

Elba é uma bela ilha localizada no Mar Tirreno, ao largo da costa da Toscana, na Itália. É a maior ilha do arquipélago toscano e a terceira maior da Itália. Elba é conhecida por suas praias deslumbrantes, paisagens montanhosas e rica história, incluindo a notória ligação com Napoleão Bonaparte, que foi exilado na ilha em 1814.

Os visitantes podem explorar as encantadoras cidades costeiras de Elba, como Portoferraio e Marciana Marina, desfrutar de atividades ao ar livre como mergulho, snorkeling e caminhadas, ou simplesmente relaxar nas belas praias de areia. A ilha também é famosa por seus vinhos locais e gastronomia, oferecendo uma experiência culinária autêntica aos visitantes.

27. Gran Paradiso National Park

 Gran Paradiso National Park

O Parque Nacional Gran Paradiso é o mais antigo parque nacional da Itália, estabelecido em 1922. Localizado na região noroeste da Itália, entre o Vale de Aosta e o Piemonte, o parque abrange uma área de mais de 700 quilômetros quadrados e abriga o Gran Paradiso, uma montanha que se eleva a 4.061 metros de altitude.

O parque é um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza e da vida selvagem, com diversas trilhas de caminhada, flora alpina deslumbrante e animais como íbex, camurças e águias-reais. Além disso, é possível visitar pitorescos vilarejos de montanha e refúgios de montanha que oferecem acomodações e comida caseira para os visitantes.

26. Palazzo Ducale em Urbino

 Palazzo Ducale in Urbino

O Palazzo Ducale, ou Palácio Ducal, é um impressionante palácio renascentista localizado na cidade de Urbino, na região central da Itália, nas Marcas. Construído no século XV pelo duque Federico da Montefeltro, este palácio serviu como residência ducal e é considerado um dos exemplos mais notáveis da arquitetura renascentista italiana.

Atualmente, o palácio abriga a Galleria Nazionale delle Marche, um museu que exibe uma coleção significativa de arte renascentista, incluindo obras de artistas como Piero della Francesca, Rafael e Ticiano. Ao visitar Urbino, não deixe de explorar o Palazzo Ducale e mergulhar na história e na cultura desta magnífica cidade.

25. Fontana di Trevi em Roma

 Trevi Fountain in Rome

A Fontana di Trevi, ou Fonte de Trevi, é uma das fontes mais famosas e emblemáticas do mundo, situada no coração de Roma. Projetada pelo arquiteto italiano Nicola Salvi e concluída em 1762, a fonte é uma obra-prima do estilo barroco, com esculturas intrincadas e detalhes arquitetônicos impressionantes.

A Fonte de Trevi é famosa por sua tradição de jogar moedas na água, que supostamente garante que os visitantes retornem a Roma no futuro. Ao visitar a cidade eterna, faça questão de visitar a Fonte de Trevi, jogar uma moeda e apreciar a beleza desta obra-prima barroca.

24. Santa Maria delle Grazie em Milão

 Santa Maria delle Grazie in Milan

Santa Maria delle Grazie é uma igreja e convento dominicano localizado na cidade de Milão, no norte da Itália. Construída entre 1463 e 1490, a igreja é um exemplo notável da arquitetura gótica e renascentista italiana.

O convento é mundialmente famoso por abrigar uma das obras mais icônicas da arte renascentista, “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci, pintada diretamente na parede do refeitório entre 1495 e 1498. A visita à “A Última Ceia” requer reserva antecipada e é limitada a um pequeno número de visitantes por vez, proporcionando uma experiência única e íntima.

23. La Pelosa

 La Pelosa

La Pelosa é uma das praias mais espetaculares da Sardenha, uma ilha italiana situada no Mar Mediterrâneo. Localizada no noroeste da ilha, perto da cidade de Stintino, La Pelosa é famosa por sua areia branca e fina, águas cristalinas e tons de azul turquesa.

A praia é protegida por uma antiga torre de vigia, a Torre della Pelosa, que data do século XVI e oferece uma vista panorâmica da área circundante. La Pelosa é um destino popular para nadar, tomar sol e praticar snorkeling, atraindo visitantes que buscam experimentar a beleza natural da Sardenha.

22. Basilica de San Vitale em Ravenna

 Basilica of San Vitale in Ravenna

A Basílica de San Vitale é uma igreja do século VI localizada na cidade de Ravenna, na região da Emília-Romanha, na Itália. Conhecida por seus incríveis mosaicos bizantinos, a Basílica de San Vitale é considerada um dos exemplos mais importantes da arte e arquitetura bizantina fora de Constantinopla. A igreja é famosa por seus mosaicos vívidos e detalhados, que retratam cenas bíblicas, figuras históricas e elementos decorativos. Ao visitar Ravenna, a Basílica de San Vitale é uma parada obrigatória para apreciar a impressionante arte bizantina e mergulhar na história desta cidade única.

21. Dolomitas

 Dolomites

As Dolomitas são uma cadeia montanhosa espetacular localizada no norte da Itália, estendendo-se pelas regiões do Vêneto, Trentino-Alto Adige e Friuli Venezia Giulia. Reconhecidas como Patrimônio Mundial da UNESCO, as Dolomitas são famosas por suas impressionantes formações rochosas, picos imponentes e paisagens deslumbrantes.

A área oferece inúmeras atividades ao ar livre durante todo o ano, como caminhadas, escaladas, esqui e mountain bike. Além disso, os visitantes podem explorar encantadoras vilas alpinas e saborear a deliciosa culinária local. As Dolomitas são um destino imperdível para os amantes da natureza e da aventura.

20. Basilica di San Francesco in Assisi

 Basilica di San Francesco in Assisi

A Basílica de São Francisco de Assis é uma das igrejas mais importantes e reverenciadas da Itália, localizada na cidade de Assisi, na região da Úmbria. Construída em homenagem a São Francisco, o santo padroeiro da Itália, a basílica é um importante local de peregrinação e um exemplo notável da arquitetura gótica italiana.

A basílica é composta por duas igrejas, a Superior e a Inferior, ambas abrigando importantes obras de arte, incluindo afrescos de Giotto e Cimabue. O complexo da basílica também abriga a cripta onde estão os restos mortais de São Francisco. Ao visitar Assisi, reserve um tempo para explorar a Basílica de São Francisco e apreciar a serenidade e beleza deste local sagrado.

19. Sassi di Matera

 Sassi di Matera

Os Sassi di Matera são um conjunto de habitações trogloditas localizadas na cidade de Matera, na região da Basilicata, no sul da Itália. Os Sassi, que remontam à pré-história, são casas escavadas na rocha calcária e são consideradas um dos assentamentos humanos mais antigos e continuamente habitados do mundo. Em 1993, os Sassi di Matera foram declarados Patrimônio Mundial da UNESCO.

Hoje, os visitantes podem explorar as intrincadas ruas e vielas dos Sassi, visitar igrejas rupestres com afrescos e até mesmo se hospedar em hotéis e casas de hóspedes únicos esculpidos na rocha. Uma visita a Matera oferece uma rara oportunidade de experimentar em primeira mão a história e a cultura desta cidade verdadeiramente única.

18. Mount Etna

 Mount Etna

O Monte Etna é um vulcão ativo localizado na costa leste da Sicília, na Itália. Com uma altura de 3.329 metros, é o vulcão mais alto da Europa e um dos mais ativos do mundo. O Etna é famoso por suas frequentes erupções e paisagens lunares, tornando-se um destino popular para caminhadas e atividades ao ar livre.

Os visitantes podem explorar a área ao redor do vulcão, visitar crateras, passear pelos campos de lava e até mesmo esquiar durante os meses de inverno. Além disso, a região do Etna é conhecida por seus vinhos e produtos locais, como mel e azeitonas, que são influenciados pelo solo vulcânico fértil.

17. Duomo de Orvieto

 Duomo of Orvieto

O Duomo de Orvieto, também conhecido como a Catedral de Orvieto, é uma impressionante igreja gótica localizada na cidade de Orvieto, na região da Úmbria, na Itália. Construída entre os séculos XIII e XVI, a catedral é famosa por sua fachada elaborada, que apresenta esculturas, mosaicos e vitrais deslumbrantes.

No interior da catedral, os visitantes podem admirar afrescos de Luca Signorelli e Fra Angelico, bem como a Capela do Corporal, que abriga uma relíquia sagrada associada ao milagre eucarístico de Bolsena. Ao visitar Orvieto, não deixe de explorar o Duomo e apreciar a arte e a arquitetura desta magnífica catedral.

16. Pizza Napoletana

 Pizza Napoletana

A pizza napoletana, ou pizza napolitana, é uma das criações culinárias mais famosas e deliciosas da Itália. Originária da cidade de Nápoles, a pizza napoletana é conhecida por sua massa fina e elástica, coberta com ingredientes simples e frescos, como tomate, muçarela, manjericão e azeite.

A pizza Margherita, com suas cores representando a bandeira italiana, é um exemplo clássico de pizza napoletana. Ao visitar a Itália, especialmente Nápoles e seus arredores, é imprescindível experimentar a autêntica pizza napoletana em uma das muitas pizzarias tradicionais, onde a pizza é assada em fornos a lenha e servida quente e deliciosa.

15. Portofino

 Portofino

Portofino é uma pitoresca vila de pescadores localizada na Riviera Italiana, na região da Ligúria. Famosa por seu charme e beleza natural, Portofino atrai visitantes com suas casas coloridas, marina luxuosa e águas cristalinas. A cidade é perfeita para passear, fazer compras em boutiques exclusivas e saborear frutos do mar frescos em restaurantes à beira-mar.

Nos arredores de Portofino, você pode explorar a reserva marinha de Portofino e o Parque Natural Regional de Portofino, que oferecem trilhas para caminhadas e oportunidades para mergulho e natação em águas cristalinas.

14. Basilica di San Marco, em Veneza

 St. Mark’s Basilica in Venice

A Basílica de São Marcos, ou Basilica di San Marco, é uma das igrejas mais famosas e icônicas da Itália, localizada na deslumbrante cidade de Veneza. Construída no século IX, a basílica é um exemplo magnífico da arquitetura bizantina, com influências góticas e renascentistas. A igreja é famosa por seus mosaicos dourados, que cobrem mais de 8.000 metros quadrados, e sua impressionante fachada decorada com esculturas e detalhes arquitetônicos.

No interior da basílica, você pode admirar a Pala d’Oro, um altar de ouro incrustado com joias, e o Tesouro de São Marcos, uma coleção de objetos religiosos e arte sacra. Ao visitar Veneza, a Basílica de São Marcos é uma parada obrigatória.

13. Capri

 Capri

Capri é uma ilha encantadora localizada no Golfo de Nápoles, na costa oeste da Itália. Conhecida por suas paisagens deslumbrantes, águas azul-turquesa e atmosfera sofisticada, Capri atrai visitantes de todo o mundo. A ilha oferece uma variedade de atrações, como a famosa Gruta Azul, um sistema de cavernas inundadas onde a luz do sol cria um brilho azul intenso; os Jardins de Augusto, com vistas panorâmicas para o mar e as icônicas Faraglioni; e a Villa Jovis, uma antiga residência romana do imperador Tibério.

Além disso, Capri é o lar de lojas de luxo, restaurantes gourmet e hotéis exclusivos, tornando-se um destino perfeito para relaxar e desfrutar do estilo de vida italiano.

12. Basílica de São Pedro em Roma

 St. Peter’s Basilica in Rome

A Basílica de São Pedro, ou Basilica di San Pietro, é uma das igrejas mais importantes e reverenciadas do mundo, localizada no Vaticano, no coração de Roma. Como o centro espiritual da Igreja Católica e local de sepultamento do apóstolo Pedro, a basílica atrai milhões de peregrinos e visitantes a cada ano.

A atual basílica, concluída no século XVII, é um exemplo impressionante da arquitetura renascentista e barroca, com contribuições de artistas como Michelangelo, Bramante e Bernini. Ao visitar a Basílica de São Pedro, não deixe de subir a cúpula para ter vistas panorâmicas de Roma e explorar os tesouros artísticos e arquitetônicos que a igreja abriga.

11. Vale dos Templos

 Valley of the Temples

O Vale dos Templos, ou Valle dei Templi, é um impressionante parque arqueológico localizado na cidade de Agrigento, na Sicília. O parque abriga uma série de templos gregos antigos, construídos entre os séculos V e VI a.C., e é um dos exemplos mais bem preservados da arte e arquitetura grega no mundo.

Declarado Patrimônio Mundial da UNESCO, o Vale dos Templos inclui os templos de Hera, Concordia, Heracles, Zeus Olímpico e outros. Ao caminhar pelo parque, os visitantes podem apreciar a beleza e a grandeza desses monumentos antigos e explorar a rica história da antiga civilização grega na Sicília.

10. San Gimignano

 San Gimignano

San Gimignano é uma cidade medieval encantadora localizada na região da Toscana. Conhecida como a “Manhattan da Idade Média”, devido às suas icônicas torres, San Gimignano oferece uma visão única da vida na Itália medieval. A cidade é famosa por suas 14 torres sobreviventes, que já foram mais de 70, e que proporcionam vistas espetaculares da paisagem toscana circundante.

Além das torres, os visitantes podem explorar as ruas de paralelepípedos, visitar igrejas e museus, e saborear o famoso sorvete da Gelateria Dondoli. Uma visita a San Gimignano é uma viagem no tempo, permitindo que você experimente o charme e a história da Toscana medieval.

9. Manarola

Manarola

Manarola é uma das cinco aldeias que compõem as famosas Cinque Terre, localizadas na costa da Ligúria, na Itália. Esta pitoresca vila de pescadores é conhecida por suas casas coloridas empoleiradas nas colinas íngremes, com vista para o Mar Mediterrâneo.

Manarola é um lugar perfeito para explorar a pé, com suas ruas estreitas, trilhas panorâmicas e vinhas em terraços. A vila também é famosa por seus presépios de Natal e a tradição de iluminar as colinas com milhares de luzes durante as festividades. Quando estiver em Cinque Terre, não deixe de visitar Manarola e desfrutar de sua atmosfera tranquila e vistas deslumbrantes.

8. Torre de Pisa

Leaning Tower of Pisa

A Torre de Pisa, ou Torre Pendente di Pisa, é um dos monumentos mais icônicos e reconhecíveis da Itália, situado na cidade de Pisa, na região da Toscana. Construída entre os séculos XII e XIV como um campanário para a Catedral de Pisa, a torre é famosa por seu ângulo de inclinação involuntário, resultado de um solo instável durante a construção.

Com uma altura de cerca de 56 metros e uma inclinação de aproximadamente 4 graus, a Torre de Pisa oferece uma vista única e um desafio fotográfico para os visitantes. Além de visitar a torre, você pode explorar a Piazza dei Miracoli, onde estão localizados o Duomo, o Batistério e o Camposanto Monumentale.

7. Lago de Como

Lake Como

O Lago de Como é um deslumbrante lago glacial localizado na região da Lombardia, no norte da Itália. Rodeado pelos Alpes e conhecido por sua forma de “Y” invertido, o lago tem sido um popular destino de férias desde os tempos romanos. O Lago de Como é famoso por suas águas cristalinas, vilas à beira do lago e luxuosas mansões históricas, muitas das quais são propriedades de celebridades e aristocratas.

Ao visitar o lago, você pode explorar cidades charmosas como Bellagio, Varenna e Menaggio, desfrutar de passeios de barco e esportes aquáticos, e saborear a deliciosa cozinha local. O Lago de Como oferece uma experiência de férias relaxante e pitoresca, imersa na beleza natural e na história italiana.

6. Positano

Positano

Positano é uma deslumbrante cidade costeira situada na famosa Costa Amalfitana, no sul da Itália. Com suas casas coloridas empoleiradas nas encostas íngremes, vistas espetaculares do Mar Mediterrâneo e atmosfera vibrante, Positano é um destino turístico popular e cênico.

A cidade é perfeita para passear pelas ruas estreitas e sinuosas, relaxar nas praias de seixos e saborear a deliciosa cozinha italiana em restaurantes à beira-mar. Não deixe de visitar a Igreja de Santa Maria Assunta, com seu interior ornamentado e majestosa cúpula de azulejos. Positano também é uma base ideal para explorar outras cidades da Costa Amalfitana, como Amalfi e Ravello.

5. Pompeia

Pompeii

Pompeia é uma antiga cidade romana localizada perto de Nápoles, na Itália, que foi destruída e preservada pela erupção do Monte Vesúvio em 79 d.C. Hoje, Pompeia é um dos sítios arqueológicos mais importantes e bem preservados do mundo, oferecendo uma visão única da vida na Roma Antiga.

Ao visitar Pompeia, os turistas podem explorar as ruínas da cidade, incluindo casas, templos, teatros e banhos públicos, bem como ver afrescos, mosaicos e artefatos preservados. O local também conta com um museu onde é possível aprender mais sobre a história da cidade e a erupção que a selou no tempo.

4. Piazza del Campo em Siena

Piazza del Campo in Siena

A Piazza del Campo é a praça principal da cidade medieval de Siena, na região da Toscana. Conhecida por sua forma de concha e inclinação suave, a praça é cercada por belos edifícios góticos e renascentistas, como o Palazzo Pubblico e a Torre del Mangia.

A Piazza del Campo é o coração social e cultural de Siena, onde os moradores e turistas se reúnem para relaxar, socializar e participar de eventos. A praça é mais famosa por sediar o Palio di Siena, uma emocionante corrida de cavalos que ocorre duas vezes por ano, em julho e agosto. Ao visitar Siena, a Piazza del Campo é uma parada obrigatória para apreciar a arquitetura, a história e a atmosfera vibrante desta cidade encantadora.

3. Santa Maria del Fiore em Florença

Santa Maria del Fiore in Florence

A Catedral de Santa Maria del Fiore, também conhecida como Duomo di Firenze, é um dos edifícios mais icônicos e impressionantes de Florença, na região da Toscana. Construída entre os séculos XIII e XV, a catedral é um exemplo magnífico da arquitetura gótica italiana e é famosa por sua cúpula projetada por Filippo Brunelleschi.

A fachada colorida de mármore em tons de branco, verde e rosa é igualmente impressionante. Ao visitar a catedral, você pode subir os 463 degraus até o topo da cúpula para ter vistas panorâmicas de Florença e explorar o interior ricamente decorado, que inclui afrescos de Giorgio Vasari e Federico Zuccari.

2. Grande Canal de Veneza

Grand Canal in Venice

O Grande Canal, ou Canal Grande, é a principal via aquática de Veneza, uma cidade única construída sobre um arquipélago de 118 ilhas na região do Vêneto, na Itália. O Grande Canal serpenteia através do coração de Veneza e é ladeado por belos palácios e mansões históricas que refletem a rica herança mercantil da cidade.

Ao visitar Veneza, um passeio de gôndola ou vaporetto (ônibus aquático) ao longo do Grande Canal é uma experiência imperdível, permitindo que você aprecie a arquitetura deslumbrante e a atmosfera romântica da cidade. O canal também é atravessado pela famosa Ponte Rialto, outro marco icônico de Veneza.

1. Coliseu em Roma

Colosseum in Rome

O Coliseu, ou Colosseo, é um dos monumentos mais famosos e emblemáticos não só da Itália, mas do mundo. Localizado no coração de Roma, o Coliseu é um enorme anfiteatro construído no ano 70-80 d.C. e é um símbolo duradouro da arquitetura e engenharia romanas.

Com capacidade para cerca de 50.000 espectadores, o Coliseu foi o local de inúmeros eventos públicos, incluindo batalhas de gladiadores, representações teatrais e competições atléticas. Hoje, os visitantes podem explorar as ruínas do Coliseu e aprender sobre sua rica história através de passeios guiados e exposições. O Coliseu é uma parada obrigatória para qualquer visita a Roma e um lembrete do poder e da grandeza do Império Romano.

Mapa de Pontos Turísticos da Itália

Compartilhe: