San Pedro de Atacama, no Chile: 12 Coisas Legais para Fazer no Coração do Deserto

Bem-vindo a San Pedro de Atacama, o coração do deserto mais árido do mundo e uma porta de entrada para paisagens de tirar o fôlego, aventuras emocionantes e experiências culturais únicas. Esta pequena cidade no norte do Chile é um verdadeiro oásis no meio do Deserto do Atacama e oferece uma base perfeita para explorar as maravilhas naturais e históricas desta região extraordinária.

Ao visitar San Pedro de Atacama, você pode esperar encontrar uma mistura intrigante de paisagens deslumbrantes, que vão desde dunas de areia e planícies salgadas a vulcões imponentes e lagoas de cores vibrantes. Além disso, o céu noturno extremamente limpo e estrelado faz desta região um verdadeiro paraíso para astrônomos e amantes do céu.

Prepare-se para se maravilhar com a rica história e cultura local, desde as fortalezas pré-incas até as tradições e costumes dos povos indígenas atacameños. San Pedro de Atacama oferece uma ampla gama de atividades para todos os gostos, incluindo caminhadas, ciclismo, passeios a cavalo e relaxamento em piscinas termais naturais.

Em sua jornada por San Pedro de Atacama e arredores, lembre-se de levar água, protetor solar e roupas adequadas, pois o clima do deserto pode ser extremamente variável. E não se esqueça de ter uma mente aberta e um coração aventureiro, pois esta terra de contrastes e belezas naturais está pronta para encantar e surpreender a cada passo do caminho.

12. Laguna Chaxa

 Laguna Chaxa

A Laguna Chaxa é uma lagoa salgada localizada no coração da Reserva Nacional dos Flamingos, a aproximadamente 90 km de San Pedro de Atacama. Esta lagoa encantadora, rodeada por salinas e montanhas, é um ponto de encontro para três espécies de flamingos: o flamingo chileno, o flamingo andino e o flamingo de James. Além de apreciar essas aves majestosas, você pode desfrutar de paisagens deslumbrantes, reflexos de tirar o fôlego nas águas e um belo pôr do sol.

A altitude de cerca de 2.300 metros acima do nível do mar pode fazer com que você se sinta um pouco mais perto das estrelas. Lembre-se de levar água, protetor solar e óculos de sol, pois o sol pode ser bastante intenso durante o dia.

11. Pukara de Quitor

 Pukara de Quitor

O Pukara de Quitor é uma fortaleza pré-inca situada a cerca de 3 km ao norte de San Pedro de Atacama. Construída pelos atacameños por volta do século XII, essa fortaleza de pedra servia como um posto defensivo estratégico contra invasores.

O Pukara de Quitor foi declarado Monumento Nacional em 1982 e oferece uma rica visão da história e cultura local. Prepare-se para uma caminhada moderada até o topo da colina, onde você será recompensado com vistas panorâmicas espetaculares do deserto, oásis e vulcões ao redor. Além disso, se você estiver interessado em uma pitada de humor macabro, não deixe de conferir as cabeças de inimigos derrotados que supostamente eram exibidas em estacas como um aviso para visitantes indesejados.

10. Observatório ALMA

 ALMA Observatory

O Observatório ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) é um dos maiores e mais avançados observatórios astronômicos do mundo, situado a uma altitude de 5.000 metros acima do nível do mar, no Altiplano do Chajnantor.

Este complexo de antenas de rádio trabalha em conjunto para explorar o universo, capturando ondas de rádio emitidas pelos corpos celestes. O local é ideal para observações astronômicas devido à sua altitude e ao céu extremamente seco e limpo. A visita ao observatório é altamente recomendada para os amantes da ciência e do espaço, mas lembre-se de que é necessário reservar um tour com antecedência, já que o acesso ao local é restrito.

9. Laguna Tebinquinche

Laguna Tebinquinche

A Laguna Tebinquinche é um belo espelho d’água situado a cerca de 40 km de San Pedro de Atacama. A lagoa, conhecida por sua alta concentração de sal, oferece um espetáculo visual impressionante, com cores que mudam conforme a luz do dia. As margens da lagoa são cobertas de cristais de sal que proporcionam uma experiência de caminhada única e crocante sob seus pés. A Laguna Tebinquinche é especialmente famosa pelos incríveis pores do sol que pintam o céu e as montanhas circundantes com cores vivas e intensas. Não se esqueça de trazer sua câmera e talvez um coquetel e alguns aperitivos para apreciar um piquenique de final de tarde com estilo.

8. Salar de Tara

Salar de Tara

O Salar de Tara é uma vasta planície salgada localizada a cerca de 120 km de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 4.300 metros acima do nível do mar. Este impressionante salar, cercado por montanhas e vulcões, é parte da Reserva Nacional Los Flamencos e abriga uma grande variedade de flora e fauna, incluindo flamingos, vicunhas e vizcachas.

A paisagem surreal do Salar de Tara é pontuada por formações rochosas únicas, como os Monjes de la Pacana, que são gigantescas formações de pedra esculpidas pela erosão eólica. Ao visitar o Salar de Tara, esteja preparado para condições climáticas extremas e leve roupas adequadas, água e protetor solar. E lembre-se, com o ar rarefeito a essa altitude, você pode se sentir um pouco tonto, então vá devagar e aproveite as paisagens de outro mundo.

7. Piedras Rojas

Piedras Rojas

As Piedras Rojas, ou “Pedras Vermelhas”, estão localizadas a aproximadamente 150 km de San Pedro de Atacama e são um dos tesouros naturais mais espetaculares da região. A paisagem se caracteriza por dramáticas formações rochosas de cor vermelho-alaranjada, resultado da oxidação dos minerais presentes nas rochas.

O contraste das cores intensas das pedras com as águas azul-turquesa das lagoas vizinhas, como a Laguna Tuyajto, e os vulcões cobertos de neve ao fundo, cria um cenário verdadeiramente impressionante. Prepare-se para uma viagem de tirar o fôlego e não se esqueça de carregar a bateria da câmera, pois você vai querer tirar muitas fotos para lembrar dessa paisagem marcante.

6. Valle de la Muerte

Valle de la Muerte

O Valle de la Muerte, também conhecido como Vale da Morte, está localizado a apenas alguns quilômetros de San Pedro de Atacama e oferece paisagens impressionantes e aventuras emocionantes. Este vale desértico, com suas formações rochosas esculpidas pela erosão, recebeu seu nome sinistro devido à sua aparência inóspita e à dificuldade de atravessá-lo. No entanto, não deixe que o nome o assuste; o Valle de la Muerte é um local ideal para atividades ao ar livre, como caminhadas, mountain bike e sandboard nas dunas de areia.

Lembre-se de levar protetor solar, água e um chapéu, pois o sol pode ser impiedoso no deserto. E se você estiver se sentindo particularmente corajoso, tente pronunciar o nome do local com um sotaque de filme de terror para aumentar a diversão.

5. Termas de Puritama

Termas de Puritama

As Termas de Puritama, localizadas a aproximadamente 30 km ao norte de San Pedro de Atacama, são um verdadeiro oásis no meio do deserto. Essas piscinas naturais de água quente são alimentadas por fontes termais subterrâneas e são conhecidas por suas propriedades terapêuticas e relaxantes. As águas ricas em minerais têm temperaturas que variam entre 25°C e 30°C, proporcionando um ambiente perfeito para um mergulho revigorante após um dia de exploração pelo deserto.

As Termas de Puritama estão situadas em um desfiladeiro cercado por vegetação exuberante, criando um contraste impressionante com a aridez do deserto. Não se esqueça de levar trajes de banho, toalhas e chinelos, e esteja pronto para relaxar em um dos cantinhos mais paradisíacos do Atacama.

4. Laguna Cejar

Laguna Cejar

A Laguna Cejar está localizada a aproximadamente 20 km de San Pedro de Atacama, no meio do Salar de Atacama. Esta lagoa de águas azul-turquesa é conhecida por sua alta concentração de sal, que permite que os visitantes flutuem facilmente, proporcionando uma experiência similar à do Mar Morto.

A lagoa é cercada por impressionantes paisagens desérticas, e é comum avistar flamingos e outras aves nas áreas próximas. Depois de um mergulho refrescante e relaxante na Laguna Cejar, você pode visitar as vizinhas Lagunas de Ojos del Salar e a Laguna Tebinquinche. Não se esqueça de trazer trajes de banho, toalhas e água para enxaguar o sal após seu banho flutuante – a menos que você queira ostentar um visual “crocante” pelo resto do dia.

3. Lagunas Miscanti y Miniques

Lagunas Miscanti y Miniques

As Lagunas Miscanti e Miniques estão localizadas a cerca de 90 km de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 4.100 metros acima do nível do mar, no altiplano andino. Estas lagoas de águas azul-escuro são cercadas por vulcões, montanhas cobertas de neve e vastas planícies, criando um cenário verdadeiramente espetacular.

A área é um habitat importante para a fauna local, como vicunhas, flamingos e aves aquáticas. Ao visitar as Lagunas Miscanti e Miniques, esteja preparado para o clima frio e ventoso e use roupas adequadas. Além disso, a altitude pode causar um pouco de tontura e falta de ar, então respire fundo e aproveite o ar fresco e as paisagens deslumbrantes que o aguardam.

2. Valle de la Luna

Valle de la Luna

O Valle de la Luna, ou Vale da Lua, é uma das atrações mais icônicas de San Pedro de Atacama e está localizado a cerca de 13 km a oeste da cidade. Este vale desértico, com suas formações rochosas peculiares e paisagens lunares, oferece uma experiência verdadeiramente marcante. As cores e texturas do vale mudam ao longo do dia, tornando-o um local ideal para fotografia e contemplação. Algumas das atrações populares dentro do Valle de la Luna incluem o Anfiteatro, as Três Marias e a Duna Mayor.

Aventure-se em uma caminhada ao pôr do sol e prepare-se para um espetáculo deslumbrante de cores e sombras enquanto o sol se põe atrás das montanhas. Lembre-se de levar água, protetor solar e um chapéu, já que o sol do deserto não brinca em serviço.

1. El Tatio

El Tatio Geysers

El Tatio, localizado a cerca de 90 km ao norte de San Pedro de Atacama, é o terceiro maior campo de gêiseres do mundo e o maior do hemisfério sul. A uma altitude de 4.320 metros acima do nível do mar, este campo geotérmico é composto por mais de 80 gêiseres e diversas piscinas termais.

A melhor hora para visitar El Tatio é ao amanhecer, quando a diferença de temperatura entre o ar frio e as águas quentes dos gêiseres cria um espetáculo de vapor e jatos de água que podem atingir até 10 metros de altura. Não se esqueça de se agasalhar, pois as temperaturas podem ficar muito baixas pela manhã.

Depois de apreciar o espetáculo natural, você pode relaxar nas águas termais próximas e desfrutar de um café da manhã ao ar livre, enquanto o sol lentamente aquece o ambiente e dá as boas-vindas a um novo dia no Atacama.

Compartilhe: